26º Rally dos Sertões

Fortaleza (CE) – O mineiro Tunico Maciel venceu o 26º Rally dos Sertões na categoria motocicletas, após sete dias e um total de 3.601 quilômetros, 2.059 de trechos cronometrados. Maciel conquistou o campeonato com 31min37seg de vantagem sobre o segundo colocado, o catarinense Ricardo Martins. Com o resultado, a equipe Honda Racing chegou ao tetracampeonato no principal desafio do calendário off road nacional. Além do título geral da motos, Maciel confirmou vitória na categoria Production Aberta.

Na sétima e última etapa da prova, realizada neste sábado (25) entre Juazeiro do Norte (CE) e a capital cearense, Maciel consolidou a vitória ao concluir a especial no segundo lugar – foram três vitórias em sete etapas, no total. O dia somou 656 km, sendo 200 km de especiais. A conquista do Rally dos Sertões é um sonho realizado para o piloto, que em 2015 tinha sido campeão pela categoria Marathon.

“Estou muito feliz, batalhei muito para estar aqui, foram sete dias bem longos, difíceis. Nem sei explicar a sensação que estou sentindo, acho que a ficha ainda não caiu”, afirmou o mineiro. “Agora que venham os próximos desafios. Vou treinar mais, me dedicar mais e, se Deus quiser, este vai ser o primeiro de muitos títulos que ainda vou conquistar no Sertões.”

Leia também:
+ Nova Softail FXDR 114 com característica esportiva
+ Harley-Davidson prepara novos modelos para 2020
+ Kawasaki Z 900RS tem versão retrô por R$ 49.990
+ Kawasaki promove linhas 1.000cc, 650cc 300cc e Off Road
+ Teste: Honda NC 750X. Moto eficiente e confortável
+ Estratégias Harley-Davidson para 2020 tem modelos inéditos e média cilindrada
+ Recall BMW para G 310 GS e R
+ Teste Kawasaki Versys-X 300. Motor agrada na pequena aventureira

O heptacampeão da prova e maior vencedor das motos Jean Azevedo, por sua vez, saiu da briga pelo título das motos no quarto dia de disputa. Apesar disso, seguiu na prova e acabou vencendo a última etapa.

O 26º Rally dos Sertões teve início em Goiânia (GO), no dia 19 de agosto, e passou por caminhos da Bahia e do Piauí antes de chegar no Ceará. A prova também reuniu quadriciclos, UTVs e carros.

Classificação final após sete etapas (extraoficial)

Classificação geral – Motocicletas
1 – Tunico Maciel – 27:24:40
2 – Ricardo Martins – 27:56:17
3 – Gregorio Caselani – 28:27:51
4 – Mário Marchiori – 29:07:37
5 – Túlio Malta – 29:09:14
9 – Júlio “Bissinho” Zavatti – 30:18:20

Categoria Super Production
1 – Ricardo Martins – 27:56:17
2 – Gregorio Caselani – 28:27:51
3 – Wagner Jovenal – 36:15:50
4 – Moara Sacilotti – 37:11:34
5 – Tiago Fantozzi – 46:09:11

Categoria Production Aberta
1 – Tunico Maciel – 27:24:40
2 – Mário Marchiori – 29:07:37
3 – Luciano Gomes – 29:19:25
4 – Elias Folly – 29:22:18
5 – Vítor Closs – 29:39:42

Categoria Rally Brasil
1 – Júlio “Bissinho” Zavatti – 30:18:20
2 – Álvaro Amarante – 31:10:11
3 – Cristiano Teixeira – 32:24:05
4 – Sandro Conci – 33:53:14
5 – Janaína Souza – 35:02:49

Categoria Rally Brasil – CRF 230cc
1 – Júlio “Bissinho” Zavatti – 30:18:20
2 – Álvaro Amarante – 31:10:11
3 – Cristiano Teixeira – 32:24:05
4 – Sandro Conci – 33:53:14
5 – Janaína Souza – 35:02:49

-Informações e imagens: divulgação-

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *