BMW e Ducati crescem no Brasil

BMW e Ducati anunciaram crescimento de vendas no Brasil, em 2016. A montadora alemã informa que alcançou, no ano passado, a liderança do ranking de comercialização de motocicletas premium (acima de 500 cc) do País, segundo dados da Fenabrave. Ao mesmo tempo, a marca italiana informou que bateu recorde de crescimento no ano de 2016 e registrou o melhor resultado da companhia desde o seu desembarque no Brasil, em 2012.

De acordo com os dados divulgados pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), a BMW Motorrad encerrou 2016 com 6.482 motocicletas emplacadas. “Estamos muito orgulhosos com a consolidação da liderança em vendas do segmento premium de motocicletas no País. Ainda mais em um ano repleto de realizações para a BMW Motorrad Brasil como a inauguração, em outubro, da nova fábrica do BMW Group em Manaus – a primeira fora da Alemanha, dedicada exclusivamente para a produção de motocicletas –; e o lançamento da nova BMW F 700 GS. E este desempenho comercial marcante é fruto do empenho dos nossos colaboradores e concessionários, e ajuda a consolidar a confiança na marca junto aos nossos consumidores e admiradores”, diz Federico Álvarez, diretor da BMW Motorrad Brasil.

Leia também:
+ Yamaha lança, na Índia, nova naked 250cc que pode substituir a Fazer 250 no Brasil
+ Ducati abre pré-lançamento da 1299 Superleggera por R$ 550 mil
+ Calendário MotoMovimento para festas, encontros e eventos de março de 2017
+ Teste de longa duração: CB Twister 2017
+ Teste: Honda CB Twister surpreende no uso urbano
+ Honda XRE 300 2017 tem novas cores e grafismos
+ Triumph Street Triple vai de 675 para 765cc
+ Polaris anuncia encerramento das atividades da Victory

Já pelos lados da Ducati, segundo informações da Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo) e da Fenabrave, a Ducati foi a marca com maior crescimento no ano. Enquanto o mercado nacional caiu 21,8%, a Ducati conquistou 27,7% de crescimento e emplacou 1.184 mil unidades nos últimos 12 meses. Em market share a marca italiana atingiu a participação de 3,4% no ano de 2016.

“No último ano, as mudanças e as ações realizadas na Ducati do Brasil foram direcionadas para deixar a companhia mais competitiva, ágil e pronta para o crescimento. Tenho certeza que estamos no caminho certo e vamos continuar avançando”, afirma Diego Borghi, Presidente da Ducati do Brasil.

Global

No mundo, a BMW Motorrad Brasil registrou crescimento global em 2016, período em que a marca alcançou 145.032 unidades vendidas, assinalando um crescimento de 5,9% em comparação a 2015.

A Ducati Motor Holding continuou a crescer mundialmente em 2016. Ao longo do ano foram entregues 55.451 motocicletas para clientes em todo o mundo, o que representou um aumento de 1,2% em relação ao resultado de 2015 (54.809 mil unidades).

-Informações e Imagens: divulgação-

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *