Brasileiro de Rally Baja

Após a vencer a classe Production Aberta nas motos, o catarinense Ricardo Martins comemorou outro título inédito e antecipado no Brasileiro de Rally Baja, o de campeão geral do evento. O piloto do Team Rinaldi confirmou o resultado no IX Rally Rota Sudeste, que terminou neste domingo em São Manuel (SP) e foi válido como 13ª e 14ª etapas da competição nacional.

As corridas ainda tiveram como destaque o gaúcho Gregório Caselani e o paulista Ramon Sacilotti, vencedor e segundo colocado na classificação geral do Rota Sudeste, respectivamente. Os pilotos do Team Rinaldi imprimiram forte ritmo na prova e deixaram a decisão do título da categoria Super Producion das motos para as duas etapas finais do Brasileiro, marcadas para os dias 12 e 13 de dezembro no Rally dos Amigos. Moara Sacilotti, quarta colocada da Production Aberta em São Manuel, está próxima de assegurar o vice-campeonato da classe.

Martins fechou o Rota Sudeste em primeiro na Production Aberta e em terceiro na classificação geral, listagem que ainda inclui competidores de quadriciclos e UTVs. “Estou muito feliz por ser campeão brasileiro da geral e com antecedência, um título inédito que eu vinha buscando há bastante tempo. Fui para o Rota Sudeste pensando exclusivamente em garantir este resultado e deu certo”, comentou o piloto.

Leia também:
+ Rodrigo Varela é campeão na categoria UTV do Rally Baja
+ Carros antigos: Clássicos Brasil 2016 confirmado para janeiro de 2016
+ VFR1200X e CBR250R saem de linha no Brasil
+ Honda renova linha X
+ Balanço Salão Duas Rodas: 268.794 mil visitantes
+ Kawasaki apresenta linha 125 cc no mercado norte-americano

Na briga direta pelo título da Super Production, o líder Caselani venceu o evento no interior paulista com apenas 1min09seg de vantagem sobre Sacilotti. A dupla garantiu show à parte e voou baixo nas trilhas – tanto que Sacilotti abriu mais de três minutos sobre Martins na geral. “Eu e o Ramon Sacilotti conseguimos um ritmo alucinante na prova, a disputa entre nós foi muito boa e limpa. Os detalhes fizeram a diferença no resultado, já que não pudemos nos dar ao luxo de cometer erros”, explicou Caselani. “O rendimento dos pneus foi espetacular na prova, que teve predominância de terreno arenoso e altas velocidades”, continuou o gaúcho (ele utilizou os modelos off-road da Rinaldi HE 40 e RMX 35).

Sacilotti também destacou a disputa equilibrada. “Estou muito satisfeito com a minha pilotagem e parabenizo o Caselani pelo resultado. Levamos a disputa para as etapas finais e ainda há muito para acontecer. Sobre o Rota Sudeste, a prova foi maravilhosa e muito boa de acelerar com segurança.” Irmã do piloto, a experiente Moara Sacilotti manteve o alto desempenho. “Estava incrível de pilotar nas etapas, com terreno arenoso e molhado, perfeito. Andei muito bem nos dois dias e estou praticamente garantida como vice-campeã brasileira da Production Aberta”, concluiu Moara. Ela acelerou com os pneus Rinaldi HE 40 na dianteira e o SR 39 na traseira da moto.

Os campeonatos de rally são divididos em categorias como Super Production, Production Aberta, Marathon, Over40, Quadriclos entre outras. As categorias são divididas por idade, cilindrada de moto/quadri ou nível técnico, etc. Todos os pilotos. além de disputam a primeira colocação em suas categorias também disputam o primeiro lugar entre todas as categorias, o vencedor geral do torneio.

-Informações e imagens: divulgação-

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *