Brasileiro de Supermoto

O brasiliense Rafael Fonseca ganhou, pela décima vez, título nacional na principal categoria do Campeonato Brasileiro de Supermoto, a SM1. Fonseca assegurou a vitória no campeonato com uma etapa de antecedência e, devido à divergências com a promotora do evento, ficou de fora da etapa desse fim de semana, realizada no Kartódromo de Registro.

Laszlo Piquet, que esteve ausente hoje também pelos mesmos motivos apontados pelo companheiro de equipe, terminou na segunda posição do campeonato. Pedro Rehn, o único integrante do time a entrar na pista nesse fim de semana, assegurou o bicampeonato da categoria SM2 em seu segundo ano como piloto de supermoto.

“Eu e o Laszlo Piquet, assim como vários outros pilotos da nossa e de outras categorias, decidimos não ir à etapa final do campeonato devido à falta de respeito da promotora do evento para conosco”, disse Fonseca, que ficou de fora da etapa, mas chegou ao décimo campeonato mesmo assim. “O título antecipado foi ganho com todos os devidos méritos, com vitórias em todas as três etapas anteriores. Conquistar dez títulos não é pra qualquer piloto, ainda mais se tratando de um campeonato nacional. Isso é fruto de uma vida toda dedicada ao esporte”, completou. Além do título, o também conquistou no dia seis de novembro o Paulista de Supermoto (SM1).

Leia também:
+ Diego Colett é pentacampeão do Gaúcho de Cross Country 2016
+ BMW e Lego lançam réplica em escala do modelo R 1200 GS Adventure
+ KTM tem novo modelo KTM Factory Edition: 350 EXC-F
+ Ducati tem promoção para os modelos XDiavel e Multistrada 1200 Enduro
+ Motos marcam presença no Salão do Automóvel
+ Kawasaki promove linha Off-Road
+ BMW G 310 GS é apresentada em Milão
+ CRF1000L Africa Twin. No Brasil, em dezembro
+ Ducati apresenta, na Itália, seis novos modelos para 2017
+ Ducati 959 Panigale chega ao Brasil por R$ 62.900
+ Ducati prepara edição limitada Superleggera com o Projeto 1408
+ Teste: a evolução da linha CG em 40 anos de produção no Brasil

Simão Lawant, integrante da equipe na categoria SM4, para pilotos com idade igual ou superior aos 40 anos, ficou de fora do campeonato por conta do calendário bater com o AMA SouthEast Supermoto, campeonato onde é bicampeão e gravitou o vice nesta temporada, nos Estados Unidos.

-Informações e imagens: divulgação-

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *