CB Twister 2016

A Honda apresenta no Salão duas Rodas, em São Paulo, a versão 2016 da CB Twister 2016. Os preços públicos sugeridos são R$ 13.050 (sem ABS) e R$ 14.550 (com ABS). Equipado com um novo motor de 249,5 cm³, o modelo estará disponível nas concessionárias de motocicletas Honda até o final deste mês de outubro e será oferecida nas cores: preto sólido; vermelha e branca perolizada (versão sem ABS) e na cor vermelha perolizada para a versão com freios ABS.

O motor, de acordo com a Honda, tem projeto inédito. Entre os seus principais atributos estão o desempenho, robustez e principalmente economia. Com capacidade cúbica de 249,5 cm³, trata-se de um monocilíndrico OHC (Over Head Camshaft), 4 válvulas, 4 tempos, com arrefecimento a ar, injeção de combustível PGM-Fi (Programmed Fuel Injection) e tecnologia bicombustível FlexOne. A potência é de 22,4cv a 7.500 rpm quando o modelo é abastecido com gasolina e 22,6 cv a 7.500 rpm com etanol. O torque é o mesmo, ou 2,28 kgf.m a 6.000 rpm.

Leia também:
+ As atrações do Salão Duas Rodas 2015
+ Ducati Scrambler chega com preço de R$ 36.900
+ Scout, modelo de entrada da Indian, parte de R$ 49.990

As rodas de liga-leve com novo design exclusivo dispõem de inéditos pneus radiais, que conferem um visual mais esportivo. Suas medidas são 110/70R-17 na dianteira e 140/70R-17 na traseira. O escape em menor dimensão está levemente inclinado, o que reforça ainda mais o apelo esportivo do modelo. Na traseira, novo design da rabeta, mais curta, com estilo que remete a modelos esportivos de maior cilindrada. Além disso, a CB Twister traz também um novo suporte de placa e alças para o garupa em alumínio.

Os freios são a disco de 276 mm na dianteira e 220 mm na traseira. O tanque de combustível tem capacidade para até 16,5 litros. O painel de instrumentos tipo “blackout” totalmente digital conta com indicadores como tacômetro, velocímetro, hodômetro total e parcial, relógio marcador de nível de combustível, além de luzes de injeção eletrônica, neutro, farol alto e sinalizadores.

Clique AQUI para o PDF da ficha técnica do modelo

-Informações e imagens: divulgação-

3 comentários em “CB Twister 2016

  1. Vejo muita gente falando que a CB300R é problemática. Tenho uma 2010 com 50.000km e até a gora só alegrias. Já fiz viagens longas (+ de 5.000 km) com ela e sem problemas. A maior parte dos problemas que vi ao investigar, percebi que a moto tinha sido usada além do que era projetada ou mesmo passou por manutenção inadequada.

    Quero ver a nova Twister, tive uma 2003 a qual fiquei 9 anos e rodei 96.000km. Era uma ótima moto.

    Mas por enquanto vou ficar com a minha 300tinhas….e quando migrar, pretendo ir para a CB500X.

  2. Kkkkkkk, a moçada junta a grana sonhando com a 300 e já vem uma substituta.
    Problemática a 300? Se fosse só ela… Quem tem uma 450 TR por exemplo, não acha nem guidão, e quem tem XRE 300(só para citar velhas e novas), sofre com as carenagens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *