Copa Pirelli

O uruguaio Maximiliano Gerardo (#41), piloto da JC Racing Team, foi o grande vencedor da 2ª etapa da Copa Pirelli, realizada no final de semana, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. A Copa é uma preliminar do campeonato SuperBike Brasil 2018 que começa no próximo dia 29 de abril, também em Interlagos.

Gerardo liderou os treinos livres, na sexta-feira. Registrou os melhores tempos nos classificatórios e confirmou o bom desempenho ao vencer as duas corridas da categoria no domingo (04), liderando em todas as voltas. Em ambas ocasiões, ele foi seguido por Danilo Lewis (#17), da Tecfil Havoline Racing Team, e Joelsu “Mitiko” (#7), da Picoloko/Suel Racing.

Na SuperBike Extreme, Alex Borges (#44), da Pitico Race Team, venceu a primeira corrida, seguido por Rodrigo Dazzi (#146) e Diego Viveiros (#23), da Picoloko/Suel Racing. Já na segunda disputa, quem levou a melhor foi Rodrigo Dazzi, à frente de Marcelo Skaf (#177), da Racer x Malibu, e Alex Borges.

Entre as motos da Evo 1000cc, o mais rápido da primeira corrida foi Felipe Comerlatto (#186), da Pro Racing Team. Em seguida, vieram James Michael (#137), da Misano Racing Team, Fabricio de Freitas (#131), da Motonil Motors / UsatecBSB. Na segunda corrida, James Michael liderou à frente de Pablo Nunes (#28), da Motonil Motors / UsatecBSB, e Sergio Prates (#74), da JC Racing Team.

Na primeira corrida da SuperBike Light, Leandro Esposito (#32), da Pitico Race Team levou a melhor e subiu no primeiro degrau do pódio. Carlos Sakurai “Kaka” (#13), da Kaka Ks Racing foi o segundo colocado, e Thiago Marchon (#26), da equipe Tecfil Havoline Racing Team foi o terceiro. Na segunda prova, Kaka conquistou o primeiro lugar, o segundo colocado foi Victor Villaverde (#42), da Cerciari Racing Team, e Magno “Menino de Ouro” (#78), piloto da Pitico Race Team, foi o terceiro.

Na Master, Nelson Mágico (#45), da equipe Os Impossíveis, venceu a segunda prova e foi vice-líder na primeira – ficando atrás de Guilherme Neto (#66), da Pro Race Team que venceu na categoria com 20 segundos de vantagem para o segundo colocado. A terceira colocação foi para Rene Ferreira (#147). Já na segunda corrida, Mágico ficou em primeiro, Eduardo Aceto (#199), da Zitto Motorsport, em segundo lugar.

Pela SuperStock, a primeira corrida ficou com Guto Figueiredo (#18), da Voe Passaredo, que completou à frente de Peterson “Pet” (#69), da Pro Racing Team, e Cleber Miranda (#21), da IBMM – Arterror, na sequência. Na segunda disputa, Diogo Correa (#49), da IBMM – Arterror, ficou com a vitória.

Leia também:
+ Recall Kawasaki para modelos Ninja ZX-10R, Ninja ZX-10R ABS e Ninja ZX-10RR
+ Recall Ducati para os modelos 1299 Panigale e 1299 Panigale S, Monster 1200 S, Multistrada 1200 S e XDiavel S
+ Yamaha inicia vendas dos modelos Crosser 2018
+ Mercado de motocicletas em 2018 tem alta de 13,9% nos emplacamentos
+ BMW G 310 GS entra em produção em Manaus (AM)
+ Teste MotoMovimento: Roadster G 310 R
+ Scooter SH300i versão 2018. Nova cor marrom perolizado
+ Teste: SH 150i enfrenta rodovias de São Paulo
+ Teste: Honda PCX 150 também diverte nas pistas

Pela SuperSport, Rafael Rigueiro (#52) foi o vencedor da primeira corrida da categoria Pro, com José Duarte (#97), da JC Racing Team em segundo e Ives Moraes (#23), correndo pela Motom, em terceiro. Duarte venceu a segunda prova, seguido por Luis Ferraz (#13), piloto da Tecfil Havoline Racing Team e por Juninho Garcia (#27), da JR Motos Racing.

Na Extreme, Ives Moraes venceu a primeira corrida, com Regis Santos (#20), da Pitico Race Team, em segundo. Deyvid Sousa (#98) fechou o top 3. Na segunda prova, realizada com tempo muito instável, Luis Ferraz levou a melhor. Juninho Garcia e Regis Santos ficaram na segunda e na terceira colocação, respectivamente.

Regis Santos venceu as duas provas da categoria Amador. Na primeira prova, ele superou Felipe Bazolli (#790), Breno Barbosa (#44), da Pitico Race Team, e Deyvid Sousa (#98).

A categoria Master contou com participantes apenas na primeira corrida. Leandro Bressan (#72), da Motom, venceu a disputa com Valter Rubino (#65), da Misano Racing Team em segundo.

Na corrida das 500cc, Ademilson Peixer (#43), da MotoSchool Racing Team, faturou a prova. Enzo Valentim Garcia (#59), piloto da FastKids By Piui Motorsport, foi o segundo. Com moto da Moretti Racing Team/SAF-RJ, Fabio Florian (#88) ficou na terceira posição.

A etapa da categoria 500 Light foi vencida por Renan Fernandes (#62), da Renan Fui Racing. Luis Felipe (#444), da MotoSchool Racing Team foi o segundo e seguido por Rodrigo de Medeiros (#777), guiando moto da equipe Avia Lubrisint/Racing 22.

Enzo Valentim Garcia, Fabio Florian e Luis Felipe foram os três primeiros na classificação da 500 Teen. Por fim, na 500 Feminino, Maria Fernanda Rocha (#22), da Moretti Racing Team/SAF-RJ, foi a vencedora, com sua companheira de equipe Marcia “Fenix” (#273) na segunda posição.

Nas 300cc, Matheus Barbosa (#260) foi o vencedor. O piloto da Motonil Motors / UsatecBSB largou na pole position e liderou oito das dez voltas para alcançar a vitória. Atrás dele, Bruno Cesar Borges (#51), da Pitico Race Team, cruzou a linha de chegada na segunda posição. Lincoln Melo (#129), da Tecfil Havoline Racing Team, e Enzo Valentim (#29), da FastKids By Piui Motorsport, vieram na sequência.

-Informações e imagens: divulgação/Geraldo Carvalho-

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *