CRF1000L Africa Twin

Notícia atualizada às 20h01, com preços

A Honda traz para o mercado brasileiro a aventureira CRF1000L Africa Twin. O modelo, fabricado em Manaus (AM), chega nas concessionárias em dezembro. No Brasil, serão duas versões disponíveis: Africa Twin e Africa Twin Travel Adventure, esta última com a adição de bauletos para acomodação de bagagens e pertences em viagens. As cores disponíveis são vermelha, inspiradas nas CRF´s Rally com preço público sugerido em R$ 64.900 e branca (Tricolor inspiradas nas cores da HRC), com preço público sugerido de R$ 74.900.

Modelo on-off road de alta cilindrada, a moto tem para-brisa, com regulagem de altura, conjunto óptico duplo e luzes de direção de LED e painel de instrumentos digital, em LCD, com informações estão dispostas verticalmente, assim como ocorre nos modelos de rali, o que, segundo a empresa, permite rápida e fácil visualização. A parte de cima apresenta informações de velocidade, rotação do motor e relativas ao combustível. Na parte inferior estão o hodômetro, relógio, computador de bordo e indicadores de marcha, temperatura ambiente e combustível, cujas informações podem ser alteradas por meio do cursor.

Na ergonomia, em seu nível mais alto, o assento está a 870 mm do solo que pode ser reduzido a 850 mm, seu ponto mais baixo. O posicionamento mais alto dos braços do piloto em relação ao guidão e o ajuste das pernas mais próximas às laterais do tanque de combustível, que tem capacidade de 18,8 litros (3,6 litros de reserva), também contribuem para o conforto em longas viagens, diz a montadora japonesa. A altura livre do solo é de 250mm.

Na tecnologia, a Africa Twin tem controle de tração HSTC (Honda Selectable Torque Control) que permite selecionar quatro níveis de controle: 1, 2, 3 e Off (desligado). A intensidade diminui à medida que os níveis aumentam, permitindo quantidades crescentes de derrapagens da roda traseira. Como outros modelos off-road, a posição do escapamento é elevada, graças ao sistema de exaustão com acabamento especial, concebido graças à tecnologia CAE (Computer Aided Engineering), com o objetivo de melhorar a sonoridade e a sensação oferecida pelo funcionamento do motor.

O motor é bicilíndrico, com pistões em paralelo e movido a gasolina, com deslocamento de 999,1 cm³, comando Unicam, quatro válvulas por cilindro nos cabeçotes e virabrequim a 270º. Possui curva de potência linear e direta, afirma a Honda. “Compacto e potente, oferece força para a pilotagem no fora-de-estrada, conforto para viagens mais longas em grandes rodovias e agilidade para o uso diário dentro dos grandes centros urbanos. A injeção programada de combustível PGM-FI, duas velas por cilindro e a ignição de comando duplo e sequencial permitem obter uma combustão perfeita. São 90,2 cv a 7.500 rpm de força com torque de 9,3 kgf.m a 6.000 rpm”, informa a montadora.

O chassi é de aço com berço semiduplo (semelhante ao usado na CFR450R Rally) e subframe traseiro também do mesmo material. As rodas são em alumínio, possuem estrutura raiada e contam com pneus 90/90-21 (dianteiro) e 150/70-18 (traseiro). A caixa de seis velocidades conta com novo design, e transmissão final feita por corrente. A nova CRF1000L Africa Twin atende a todas as normas de emissão de poluentes, como a segunda fase do PROMOT 4 (Programa de Controle da Poluição de Motociclos e Veículos Similares).

Leia também:
+ Ducati apresenta, na Itália, seis novos modelos para 2017
+ Ducati 959 Panigale chega ao Brasil por R$ 62.900
+ Ducati prepara edição limitada Superleggera com o Projeto 1408
+ Teste: a evolução da linha CG em 40 anos de produção no Brasil
+ Yamaha Crosser 2017 tem novas cores e grafismos
+ Triumph amplia linha Clássicas com a Bonneville Bobber
+ Grupo Piaggio inicia vendas dos modelos Vespa GTS 300 e Vespa Sprint
+ YZF R6 2017 é lançada no EUA
+ Nova Tiger Sport no Brasil por R$ R$ 52.990
+ BMW Motorrad Vision Next 100: conceito BMW da moto do futuro
+ K 1600 B: nova bagger da BMW para o mercado norte-americano
+ KTM lança edição limitada da 300 EXC
+ Produção de motocicletas tem queda de 31% no acumulado do ano
+ Honda tem edição especial de 40 anos da linha CG

Na frente, a suspensão possui garfo invertido com curso de 230 mm e possibilidade de ajustes de acordo com o tipo de uso e perfil de pilotagem. A suspensão traseira é do tipo monoamortecida da Pró-Link da Showa, com curso de 220 mm e opções de ajustes na pré-carga da mola. O freio dianteiro possui disco duplo de 310 mm e pinças radiais de quatro pistões (dianteira). Na traseira o disco é simples de 256 mm, derivado da CRF 450 Rally. Os cubos dos discos de freio, agora fundidos em alumínio, que contribuíram na redução de peso. O sistema ainda está equipado com freios ABS (anti-travamento), que pode ser ligado/desligado apenas na roda traseira.

A CRF 1000L Africa Twin conta com três anos de garantia e o “Honda Assistance 24h”, que garante assistência durante todo o período de vigência da garantia em território brasileiro, assim como na Argentina, Chile, Uruguai e Paraguai.

-Informações e imagens: divulgação/MotoMovimento-

4 comentários em “CRF1000L Africa Twin

  1. Ela, assim como outras com potência semelhante, estão fazendo sucesso mundo afora, pois não são gastonas(muita potência assusta $$$), e a cavalaria dá e sobra em tempos de radares e limites mais baixos de velocidade. Acertou em cheio.
    Falta um cardãzinho, isso cairia bem.

  2. A Honda só pode estar brincando com esse preço. Essa moto, embora possua qualidades, não vai fazer nem cócegas nas concorrentes, especialmente BMW e Triumph.
    Mais um mico para a conta da Honda no Brasil, que ao que parece só entende mesmo do mercado de “CG’s”.

  3. A moto tem uma aparência ótima e um nome Consagrado, porem a honda podia fazer melhor, um motor com 1000 cc 90,2 cv e 9,3 Kgf de torque…..???? é só comparar com o que tem no mercado?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *