Dados do Setor

São Paulo (SP) – A Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo) lançou a primeira edição da compilação Dados do Setor, referente ao ano de 2020. O PDF pode ser baixado gratuitamente em www.abraciclo.com.br. 100% digital, a publicação apresenta os principais dados do setor como produção e comercialização, mão de obra, séries históricas, percentuais, comparativos dos segmentos de motocicletas e bicicletas, importações e exportações, além de informações atualizadas sobre o perfil dos motociclistas.

A análise mostra, por exemplo que, no período entre 2009 e 2019, a produção caiu de 1.539.473 unidades em 2009 para 1.107.758 em no ano passado. No mesmo recorte de tempo, em 2009, a aquisição de insumos foi de R$ 6,50 bilhões para um faturamento de R$ 10, 34 bilhões. Já em 2019, a aquisição foi de R$ 9,99 bilhões revertidos em um faturamento de R$ 15,15 bilhões.

A frota cresceu dez vezes nos dez a nos de avaliação. Passou de 14.695.247 unidades em 2009 para 28.179.083 em 2019, crescimento de 91,8%. Já a frota total brasileira de veículos passou de 59.361.642 em 2009 para 104.784.375 unidades em 2019, crescimento de 76,5%.

Leia também:
+ BMW traz para o Brasil a S 1000 RR com pacote M
+ Triumph resgata nome Trident para novo conceito
+ Conheça tecnologias Kawasaki para suspensão, ABS e curvas
+ Honda CBR 600RR reaparece na Europa
+ Harley-Davidson do Brasil na pandemia
+ Calendário atualizado MotoGP 2020
+ Elétrica espanhola Urbet Nura. Pequena esportiva com 190 km de autonomia

“O objetivo da Abraciclo com esta iniciativa é oferecer um panorama completo e detalhado do Setor de Duas Rodas, um dos mais importantes para a economia brasileira, para que jornalistas, pesquisadores, consultores, estudantes, autoridades e formadores de opinião possam obter informações de alta qualidade e total credibilidade para o desenvolvimento de suas atividades”, afirma Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo. “A publicação traz também números dos principais países produtores dos cinco continentes”, completa.

-Informações e imagens: divulgação-

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *