Enduro da Independência

O paranaense Emerson Loth Bombadinho (Pro Tork) venceu hoje (5) o segundo dia consecutivo do Enduro da Independência. A disputa foi marcada pelo equilíbrio entre o vencedor e os capixabas Oriel Neto (Motofire), segundo colocado e Jomar Grecco (Sherco), atual campeão e terceiro lugar. A maior competição de Regularidade do mundo, deslocou de Mariana à Manhuaçu, em Minas Gerais e chega no domingo, a partir de 12h, em Vitória (ES). Hoje foram percorridos 242km, dia mais longo, em mais de 7h de duração. Das trilhas com muitas pedras em Mariana, para as plantações de eucaliptos e cafés, foi um dia de transição que exigiu atenção ao roteiro, principalmente na primeira etapa do dia.

O Enduro da Independência é uma prova completa, que passa por todos os tipos de solo, durante os quatro dias de desafios. Serão ao todo 8 etapas, sendo duas em cada dia. Bombadinho repetiu o resultado de ontem (4). Chegou em segundo na primeira etapa, por um ponto de diferença e venceu a segunda. Os capixabas apostam no terceiro dia, que será amanhã (6), quando a prova chega em Venda Nova do Imigrante (ES), depois de passar por Pedra Azul (ES), quintal de casa, local de treinamento dos pilotos Jomar Grecco e Oriel Neto.

Leia também:
+ Bombadinho vence no primeiro dia

Para o piloto de Curitiba, que utiliza o jaleco de número 9, a prova só será decidida no último dia. “Ano passado venci os três primeiros dias e depois perdi no quarto, assegurando o vice-campeonato. No Regularidade é assim, um vacilo e você joga tudo a perder”, disse Bombadinho. Em mais de 3 décadas de histórias, somente 5 foram vencidas por pilotos de fora de Minas Gerais. O melhor mineiro na prova de hoje foi Mário Vignate (Gas Gas) que chegou na quarta colocação. O francês Adrien Metge (Honda Motofield) não apresentou o mesmo desempenho de ontem e chegou na décima oitava colocação.

-Imagens e informações: divulgação-

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *