Harley-Davidson propõe modelo elétrico

A Harley-Davidson revelou hoje (19), no Brasil, o Projeto LiveWire, da primeira motocicleta elétrica da marca. De acordo com a estratégia de desenvolvimento do produto que a empresa está trabalhando junto aos clientes, a partir da próxima semana consumidores selecionados nos Estados Unidos poderão pilotar e dar suas impressões sobre o modelo, com o objetivo de ajudar a moldar o futuro da primeira motocicleta elétrica da Harley-Davidson. A marca produziu 30 protótipos para o projeto.

Sem planos de comercialização até o momento, o Projeto LiveWire foi desenvolvido especificamente com o propósito de coletar sugestões sobre como deve ser uma motocicleta elétrica da Harley-Davidson sob a perspectiva dos motociclistas.

De acordo com a Harley-Davidson, a velocidade máxima é limitada eletronicamente a 148 km/h. A potência divulgada é de 74 cavalos e o torque de 7,18 kgfm. A autonomia média é de 210 km e a carga completa das baterias demora cerca de 3,5 horas. O modelo conta também com o sistema de regeneração de energia nas frenagens. A moto faz de 0 a 100 mi/h (96,6 km/h) em 4 segundos, segundo a montadora.

“O melhor da América é a forma como ela sempre se reinventou. Assim como os Estados Unidos, a Harley-Davidson também se reinventou muitas vezes em sua história, com os clientes nos conduzindo em cada passo dessa trajetória. O Projeto LiveWire é outro momento emocionante em nossa história, liderado por nossos clientes”, disse Matt Levatich, presidente e chefe de Operações da Harley-Davidson Motor Company.

Estimulado por essa tradição, o Projeto LiveWire Experience convida clientes a testarem o modelo, darem sua opinião e aprenderem mais sobre a história dessa motocicleta. Mesmo os que ainda não pilotam terão a oportunidade de conhecer o Projeto LiveWire por meio do Jumpstart, uma ferramenta de demonstração inovadora que proporciona ao piloto experimentar as motocicletas Harley-Davidson, tenha ele pouca ou absolutamente nenhuma experiência anterior com pilotagem. Nele, a motocicleta é fixada firmemente no Jumpstart e as rodas giram sobre a esteira do equipamento, uma oportunidade segura para aprender a operar seus controles.

Leia também:
+ Superbike elétrica Lightning LS-218 entra em produção
+ Belga Saroléa lança a elétrica Saroléa SP7 para competição
+ Yamaha promete dois modelos elétricos para 2016
+ Elétrica Johammer tem autonomia de 200 km
+ BMW inicia produção de scooter elétrico na Alemanha

Uma turnê pelos Estados Unidos visitará mais de 30 concessionárias Harley-Davidson neste ano, começando com uma viagem pela Rota 66. Em 2015, o Projeto LiveWire Experience continuará por terras norte-americanas, se expandindo também para o Canadá e Europa.

“Esse processo baseia-se em muitas experiências recentes de renovação bem-sucedida da Harley-Davidson.”, continua Levatich. “Só nos últimos anos, temos ampliado nosso alcance para servir a uma sociedade cada vez mais diversificada, bem como reinventamos nossa estratégia para desenvolver e fabricar novos produtos. Isso resultou em motocicletas fantásticas, como as recém-lançadas motos Touring do Projeto Rushmore, a linha Harley-Davidson Street™ 500 e 750 e o anúncio do Projeto LiveWire”.

Esta estrada que a empresa começa a percorrer mistura o estilo tradicional da marca com tecnologia de última geração para oferecer uma nova expressão em termos de som, design e pilotagem característicos da Harley-Davidson.

“O Projeto LiveWire é mais parecido com a primeira guitarra elétrica, do que um carro elétrico,” afirma Mark-Hans Richer, vice-presidente sênior de Marketing da Harley-Davidson Motor Company. “É uma expressão de individualidade e com o icônico estilo de nossa marca. O Projeto LiveWire é uma afirmação ousada para nós, como empresa e como marca.”

A moto oferece uma experiência de pilotagem visceral, com uma potente aceleração e um som novo inconfundível. “Ele é uma parte distinta da emoção,” continua Richer. “O som único do Projeto LiveWire foi desenvolvido para se diferenciar das motocicletas de motor a combustão e de outras motos elétricas do mercado.”

Os planos de longo prazo de venda do Projeto LiveWire serão influenciados pelas impressões que os motociclistas darão com a turnê Projeto LiveWire Experience. “Tudo o que fazemos é baseado em oferecer uma experiência única de pilotagem. Além disso, somos guiados por aquilo que nossos clientes nos dizem que é o mais importante para eles,” afirma Richer. “Estamos motivados para aprender mais com os motociclistas por meio do Projeto LiveWire Experience, pois sabemos que a tecnologia de veículos elétricos vem evoluindo rapidamente e queremos entender completamente a definição de sucesso neste nicho de mercado.”

Como pilotar por grandes e belas paisagens é uma das melhores sensações do motociclismo, a sustentabilidade continua sendo um foco estratégico para a Harley-Davidson.

“Preservar o meio ambiente é importante para todos nós,” afirma Levatich. “O Projeto LiveWire é apenas um dos nossos esforços para preservar e renovar a liberdade de pilotar para as próximas gerações. Como uma empresa que vem obtendo sucesso por 111 anos, é nosso dever pensar no meio ambiente que queremos para os próximos 111 anos.”

-Informações, imagens e vídeo: divulgação/Harley-Davidson do Brasil-

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *