Honda CBR1000RR Fireblade

A CBR 1000RR Fireblade, em seu 25º aniversário, lança no mercado brasileiro a versão SP “Sport Package”, limitada a 25 unidades por sugeridos R$ 79.990, nas cores da HRC vermelho, preto e branco. A versão ABS, apresentada no Salão Duas Rodas de 2017, é vendida a partir de R$ 69.990, na cor vermelha.

A versão SP tem peso reduzido em 15 kg ante a ABS, com o tetraciliíndro de potência elevada em 11cv, alcançando 192 cv a 13 mil rpm e 998 cm³. Na tecnologia conta com unidade de medição inercial IMU (Inertial Measurement Unit) onde ocorre que faz análise da moto em tempo real com leitura em cinco eixos (três de aceleração e dois de velocidade angular), determinando assim a ação do controle de tração HSTC (Honda Selectable Torque Control System), em nove níveis, para a gestão da derrapagem da roda traseira sob a ação do acelerador eletrônico TBW (Throttle-By-Wire).

Leia também:
+ Recall Kawasaki para modelos Ninja ZX-10R, Ninja ZX-10R ABS e Ninja ZX-10RR
+ Recall Ducati para os modelos 1299 Panigale e 1299 Panigale S, Monster 1200 S, Multistrada 1200 S e XDiavel S
+ Yamaha inicia vendas dos modelos Crosser 2018
+ Mercado de motocicletas em 2018 tem alta de 13,9% nos emplacamentos
+ BMW G 310 GS entra em produção em Manaus (AM)
+ Teste MotoMovimento: Roadster G 310 R
+ Scooter SH300i versão 2018. Nova cor marrom perolizado
+ Teste: SH 150i enfrenta rodovias de São Paulo
+ Teste: Honda PCX 150 também diverte nas pistas

Tem três modos de gestão eletrônica selecionáveis: Street (Estrada), Circuit (Circuito) e Mechanic (Mecânico) que podem ser ajustados durante a condução por meio de controles no punho esquerdo. O sistema de suspensões semiativas Öhlins S-EC, com o garfo NIX30 e amortecedor traseiro TTX36, atua integrado ao “electronic pack”. De acordo com a seleção do RMSS (Riding Mode Selectable System), este informa ao SCU (Suspension Control Unit) os parâmetros dinâmicos que definem ajustes de compressão e extensão adequados às condições específicas de uso, constantemente atualizados em tempo real.

No sistema de frenagem, a versão SP tem sistema ABS de última geração associado à cálipers de fixação radial Brembo monobloc de quatro pistões em vez dos Tokico da versão ABS. A SP conta ainda com rodas de alumínio com cinco raios em Y calçadas com pneus de especificação 120/70 R17 na dianteira e 190/50 R17 na traseira.

-Informações e imagens: divulgação-

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *