Honda CRF 1000L Africa Twin 2020

São Paulo (SP) – A Honda começa a vender no Brasil, em agosto, a inédita versão Adventure Sports da brigtrail CRF 1000L Africa Twin, por R$ 64.990 e R$ 69.990 a Travel Edition, com kit de malas laterais e cavalete central. O modelo Standard 2020 tem preços sugeridos de R$ 57.990 e R$ 66.990 a Travel Edition, com top case. A Standard recebeu, entre outros itens, acelerador eletrônico Throttle By Wire, quatro Riding Modes, podendo variar potência, freio motor e Honda Selectable Torque Control (HSTC). Além desses itens, a Adventure Sports tem ainda tanque de combustível de 24,2 litros, suspensões de curso ampliado, carenagem mais protetiva e aquecedor de manoplas. Na versão Standard o tanque é de 18,8 litros.

O motor continua o mesmo bicilíndrico paralelo SOHC de 999,1 cc e oito válvulas teve a caixa de filtro de ar redesenhada, o que resultou em uma melhoria na resposta em médios regimes, diz a Honda. O mesmo pode ser dito sobre o sistema de escapamento 2 em 1, agora com dois catalisadores e ponteira de menores dimensões. Tais modernizações subiram a potência de 90,2 cv para 94,6cv a 7.500 rpm e o torque máximo de 9,3 kgf.m para 9,7 kgf.m a 6.000 rpm, que se caracteriza pela defasagem do virabrequim a 270º.

Com embreagem deslizante em alumínio, o câmbio de seis marchas é mais leve do que sistemas equivalentes graças à adoção de seletores aliviados para a 1ª, 2ª, 3ª e 4ª marcha. A alavanca oferece engates precisos e fáceis mesmo em condições de utilização extremas, observa a montadora.

A adoção do sistema de acelerador eletrônico TBW – Throttle By Wire – permitiu expandir as capacidades do HSTC – Honda Slectable Torque Control – para sete níveis além da posição “OFF”: do nível 1, direcionado para uma pilotagem mais agressiva em fora de estrada ao nível 7, para máxima sensibilidade em pisos escorregadios, é possível ajustar os parâmetros do controle de tração de acordo com a necessidade e escolha do piloto, sendo inclusive possível desativá-lo.

Também é possível optar por três diferentes níveis de potência e de freio motor. Modo Tour – Nível de potência (Power) máximo (1), nível de freio motor (Engine Braking) médio (2) e HSTC muito atuante (6). Modo Urban – Nível de potência (Power) médio (2), nível de freio motor (Engine Braking) médio (2) e HSTC muito atuante (6). Modo Gravel – Nível de potência (Power) mínimo (3), nível de freio motor (Engine Braking) mínimo (3) e HSTC muito atuante (6). O Modo User permite ao piloto selecionar e salvar sua combinação preferida entre os três parâmetros (Power, Engine Braking e HSTC). Os Ridng Modes e nível do HSTC podem ser alterados a qualquer momento usando os controles situados no punho esquerdo

Tanto a Standard como a versão Adventure Sports compartilham do mesmo chassi de tubos de aço em arquitetura berço semi-duplo. A suspensão dianteira Showa é do tipo invertido, com tubos de 45 mm de diâmetro e permite regulagem tanto na pré-carga da mola quanto da compressão e distensão. O curso da suspensão dianteira é de 230 mm (252 mm na versão Adventure Sports). A suspensão traseira conta com um conjunto amortecedor/mola multi-regulável ancorado ao sistema Pro-Link, que permite um curso de 220 mm (240 mm na versão Adventure Sports). A distância mínima em relação ao solo é de 251 mm (271 mm na versão Adventure Sports.

Leia também:
+ Ducati confirma lançamento do modelo Panigale V4 S no segundo semestre
+ Crivilin vence quinta etapa do Brasileiro de Enduro FIM
+ MV Agusta Dragster RC Shining Gold. Edição limitada a uma unidade
+ BMW R 1250 GS chega em setembro
+ Teste. Royal Enfield Classic 500
+ Parceria KTM/Bajaj Auto para modelos urbanos elétricos
+ Yamaha lança scooter elétrico EC-05 para o mercado tailandês
+ MXF Motors lança consórcio nacional
+ Kawasaki inicia vendas da Versys 1000 modelo 2020 a partir de 15 de julho
+ Royal Enfield abre nova loja em Curitiba
+ Yamaha Fazer 250 ABS versão 2020 tem nova cor vermelha

A frenagem conta com um par de discos dianteiros flutantes do tipo “wave” de 310 mm de diâmetro, nos quais atuam cálipers de quatro pistões Nissin de montagem. Na traseira o disco simples, também tipo “wave” com cáliper de pistão simples. O sistema ABS de dois canais pode ser desligado apenas no freio traseiro.

As rodas são raiadas com aros de alumínio aro 21″ na dianteira e 18″ na traseira. Os pneus tipo Tube Type tem medidas 90/90 à frente e 150/70 atrás. O peso seco é de 216 kg e 224 kg na versão Adventure Sports. A altura do assento, ajustável entre 850 e 870 mm (900 e 920 mm na versão Adventure Sports).

-Informações e imagens: divulgação-

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *