Honda NC750X versão 2016

A Honda NC750X versão 2016 chega ao mercado brasileiro na segunda quinzena de maio com preço sugerido pela fábrica de R$ 36.500. De acordo com a montadora, tem design renovado, com novas carenagens de desenho mais agressivo, nova iluminação em LED e novo formato esportivo do escapamento. Além das alterações, a NC 750X 2016 oferece agora três anos de garantia e serviço de assistência Road Assistance 24h pelo mesmo período.

O painel também é novo e conta com o LCD maior para melhor visualização em situações de baixa luminosidade durante os deslocamentos. O para-brisa frontal foi ampliado para garantir menor impacto do vento, e a suspensão ganhou novos ajustes para privilegiar uma condução mais equilibrada e confortável.

O compartimento de bagagens e pequenos volumes, localizado onde normalmente está o tanque de combustível em outros modelos foi ampliado para 22 litros. Outra novidade incorporada à NC 750X 2016 é a possibilidade de customização das cores emitidas pelas luzes do painel de instrumentos. Completo e digital, o visor é amplo e traz informações dos alertas luminosos da parte elétrica e mecânica do modelo, além de conta-giros, indicador de combustível, relógio e hodômetro duplo (total e parcial).

Leia também:
+ Maio Amarelo lança concurso de fotografia para Boas Práticas no Trânsito
+ Teste: Honda PCX 150 modelo 2016
+ Harley-Davidson lança Roadster 1200 nos EUA
+ Yamaha lança a Tracer 700 baseada na MT-07
+ BMW renova a F 800 GS
+ Yamaha promove seis modelos até o final de abril
+ BMW reajusta preços de cinco modelos no mercado brasileiro
+ Teste: Harley-Davidson softail Breakout
+ Teste: Biz 110i, com injeção eletrônica fica mais eficiente no trânsito da cidade

Lançada em 2012 (originalmente com o motor de 700 cm³), a crossover NC750X 2016 mantém o motor bicilíndrico em linha de 745cm³, OHC (Over Head Camshaft), 4 tempos, arrefecimento a líquido e injeção eletrônica PGM-FI (Programmed Fuel Injection). Tem potência máxima de 54,5 cv a 6.250 rpm e torque de 6,94 kgf.m a 4.750 rpm.

Ajustes no mapeamento da injeção eletrônica e a adoção de um novo sistema de escape em formato esportivo, mais curto e leve, com catalisador incorporado, garantiram total conformidade do modelo com a segunda fase do PROMOT 4, (Programa de Controle da Poluição do Ar por Motociclos e Veículos Similares).

A suspensão dianteira tem garfo telescópico com novos ajustes e componentes. Conta agora com novo amortecedor, com curso de 153,5 mm. Já a traseira do tipo Pró-link, tem curso de 150 mm e possibilidade de novos ajustes na pré-carga da mola.

A distância entre eixos é de 1.534 mm, o que e privilegia a pilotagem em curvas. A NC750X versão 2016 ganhou pneus Dunlop 120/70 ZR17M/C (dianteira) e 160/60 ZR17M/C (traseira.

O modelo será oferecido em versão única equipada com freios ABS (anti-travamento) com um disco simples de 320 mm na dianteira e outro com 240mm na traseira. Produzida em Manaus (AM), a NC 750X modelo 2016 tem cores disponíveis preto fosco e prata metálico.

Clique AQUI para abrir a ficha técnica do modelo em PDF

Veja o vídeo promocional do modelo realizado pela montadora:

-Informações e imagens: divulgação-

3 comentários em “Honda NC750X versão 2016

  1. Beleza Marcelo. Eu gostei do tanque baú, embora acrescentaria um Givi Monokey de 40 a 47 litros para minha finalidade (trabalho em viagens de até 150 Km).
    O preço dela será 38.590,00… acredite !! Piada da Honda. Quadro de aço ao invés de alumínio, 55cv, corte a 6.500 rpms, sem DCT neste valor e a merda do ABS não desliga. O corte seria até aceitável a 7.500 ao menos. Mas acho que os míseros 55cv + peso não deixariam a sexta marcha chegar lá.
    Agora começo a estudar a bela Versys 1000, cujo talvez valha a diferença. E até algumas um pouco mais antigas, como a fantástica Varedero 1000 (2007 ou maior). Não sei o que virá, mas NC 750x com preço de 36.000 a 39.000 mil, é só para otários e afins. Ou tiosões milionários.

  2. Álvaro,
    Bom dia,
    Acabei de ler seu comentário hoje e concordo com tudo que vc falou, somo sempre o lixo do mundo o que não da certo lá fora Eles embrulham e mandam par ao Brasil.A exemplo deste lançamento da Honda, da mesma forma que vc Eu venho acompanhando o desenrolar deste lançamento , pois, estou pensando em comprar uma moto, e a NC é exatamente o que preciso, embora tenha alguns detalhes que não gostei muito, acho que ao invés deste porta capacete deveria ser realmente um tanque com maior capacidade para longas viagens, o motor deveria ser um pouco mais robusto e ao invés de ter seu corte aos 6,500 rpm deveria cortar aos pelo menos aos 8,500 rpm e realmente a Honda oferecer apenas as cores apagadas no mercado Brasileiro é F.. Eu ainda acho que como vai ter muita NC do modelo antigo nos pátios da Honda é provável que as concessionárias venham com a gracinha de colocar a venda o modelo antigo como STD e a nova dizendo que o modelo com ABS, isso sendo que a nova já vem de fábrica com ABS e não existe mais o modelo STD. e vão praticar preços absurdos, no último sábado deste mês (Maio) fui convidado a ir uma concessionária para conhecer e efetuar o test ride desta moto, vamos ver o que vai acontecer!

  3. Aos que tem interesse na(s) moto(s) e estão estudando-a a algum tempo como eu através de estrangeiros diversos (lá fora ela não é novidade a muito tempo), tomem cuidado com o que diz a pútrida honda Brasil, cujo já é nacionalmente acostumada a todo tipo de mentira e malandragem, tanto para vender como para acobertar suas sujeiras e vícios ocultos posteriores à venda, inclusive, na cara da eficiente justiça brasileira.
    Quando eles falam “conjunto óptico em led” e mostram a imagem com piscas inclusos, estão tentando enganar alguns, induzindo a erros. Os piscas são de lampadas comuns, não em led.
    Os pneus dunlop colocados nesta são inferiores aos pneus usados nas estrangeiras, portanto, o comportamento no Brasil será em geral, diferente e inferior ao apresentado as motos estrangeiras ao sair da loja. Se a cínica honda Brasil faz isto com importantes pneus, podem apostar que há mais “defecado” pela honda. Fiquem espertos.
    Se a honda anuncia absurdos R$36.500,00 no preço da NC750x… vão colocar mais 2 a 3 mil extras nas concessionárias. Como de costume nas propagandas/manipulações da bonda nacional. Em minha opinião, aos estudar as várias concorrentes não vale isto nem se for incluso o DCT e ABS nestes falsos 36,5k, quanto mais se for sem. Aliás, esta aí está sem DCT.
    E quanto a cor? É mesmo uma palhaçada. Trouxe apenas as apagadas, ao passo que lá fora temos 5 cores, inclusive a azul, a única que eu compraria. Cor é pessoal, sim, mas para mim se põe a mesa. Detesto cores apagadas e pior, foscas. O Brasileiro de novo foi cuspido pela honda.
    Enfim… só umas observações aos demais motociclistas para suas tomadas de decisões. Já estou de saco cheio de ver tantas empresas patifes atuando neste país, achando que todos podem/merecem ser ludibriáveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *