Honda suspende contratos

São Paulo (SP) – A Honda anunciou a suspensão de contratos de trabalho da maioria dos 7 mil trabalhadoras da fábrica da empresa instalada no Polo Industrial de Manaus (PIM), por até 60 dias. A montadora japonesa, no entanto, espera retomar os trabalhos no próximo dia 18 de maio quando acredita que poderá reabilitar a produção ainda que dependente de que fase estará a pandemia da Covid-19 no País e especialmente na capital do Amazonas.

Leia também:
+ MXF lança edição especial 300RX Six Days
+ Como manter a moto na quarentena por BMW, Ducati e Harley-Davidson
+ Por quarentena, fábricas estendem paralisação
+ Mercado de motos em março tem menor venda média diária desde 2004
+ Ducati abre pré-venda da Scrambler Icon 2020

O acordo coletivo, firmado com o Sindicato dos Metalúrgicos de Manaus, tem base na Medida Provisória 936/2020 que estabelece os termos da suspensão dos contratos de trabalho. “Nesse período, por meio de ajuda compensatória, será assegurado de 75% a 100% da renda líquida atual do colaborador, o que vai além da exigência prevista na Medida Provisória. O desconto, que varia de 0% a 25%, será escalonado conforme faixas salariais, sendo maior para os níveis superiores”, diz a empresa.

-Informações e imagens: divulgação-

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *