Linha Biz versão 2019

São Paulo (SP) – A Honda acrescentou novas cores e grafismos na linha Biz versão 2019. Na Biz 125, as cores inéditas são prata e cinza metálicos, além do vermelho perolizado e manutenção do branco perolizado, já presente na versão anterior. O preço público sugerido é de R$ 9.590. Já a Biz 110i será oferecida nas cores cinza metálico, vermelho perolizado, além da manutenção do branco em novos grafismos. O preço público sugerido de R$ 7.750. Começam a ser vendidas em outubro.

O modelo incorporou recentemente mais espaço no compartimento sob o assento com comando de abertura acionado pela chave de ignição. Também recebeu tomada 12V para recarga de dispositivos como smartphones e tablets, situada sob o assento e gancho retrátil na face posterior do escudo frontal.

Os motores da Biz 125 e da 110i são monocilíndricos arrefecidos a ar e alimentados por injeção eletrônica PGM-FI. Compartilham câmbio de quatro velocidades com embreagem automática. A versão 125 dispõe da tecnologia FlexOne, que permite uso de etanol e gasolina. Também possuem sistema de frenagem Combined Brake System (CBS) que faz o pedal do freio atuar tanto na roda traseira como na dianteira, enquanto a alavanca no punho da direita continua acionando exclusivamente o freio dianteiro.

Leia também:
+ Kawasaki abre pré-venda dos modelos Ninja H2 Standard, Carbon e R 2019
+ NXR160 Bros 2019 tem nova cor branca
+ Royal Enfield Flying Flea. Edição especial global tem 60 unidades para o mercado brasileiro
+ Teste: CB 250F Twister 2019. Versão de entrada com CBS
+ Produção de motocicletas cresce 31,4% em agosto, diz Abraciclo
+ A Honda renovou a CB Twister para 2019 com CBS no modelo de entrada
+ BMW prepara mudanças radicais no modelo 2019 da S 1000RR
+ Harley LiveWire 2019, a nova moto elétrica HD
+ Nova Softail FXDR 114 com característica esportiva

O sistema CBS, de acordo com a montadora, colabora na redução do espaço de frenagem: testes realizados pelo Instituto Mauá de Tecnologia indicam que a Biz 125, equipada com freio a disco na dianteira e tambor na traseira, percorreu 29,4 metros até a imobilidade na frenagem a 60km/h, espaço 6,7 metros inferior ao percorrido por uma Biz 125 sem o sistema. Já a Biz 110i , equipada com freios a tambor em ambas rodas, percorreu 30,6 metros em teste equivalente, 5,6 metros a menos que a Biz 110i sem CBS.

-Informações e imagens: divulgação-

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *