MotoCheck-Up

A Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo) realiza, de hoje 15 a 19/05, a 20ª edição do MotoCheck-Up. O programa de avaliação de motos e conscientização no trânsito acontece, em São Paulo, no pátio da CET, na marginal Tietê, ao lado da Ponte Governador Orestes Quércia, a “Estaiadinha”, no lado oposto ao Parque Anhembi, das 10h às 16h. A ação é voltada para todos os motociclistas que trafegam pela marginal Tietê.

Para encaminhar os motociclistas que passam pela marginal ao pátio, a Polícia Militar, a cada cerca de cinco minutos, bloqueia o trânsito na entrada do pátio e desvia as motocicletas para o programa. A princípio os motoboys ficam apreensivos com o que acreditam seja uma blitz da policia. Informados sobre o MotoCheck-Up, passam por uma avaliação de 21 itens da motocicleta, assistem a um vídeo sobre educação no trânsito, acompanham uma orientação de como utilizar o freio corretamente, ganham um boné da Honda e um vale para troca de óleo gratuita agendada em uma das concessionárias Honda de São Paulo.

Segundo levantamento realizado ao longo das 19 edições do MotoCheck-Up, promovido pela entidade, o freio traseiro, com 33,4%, é o item que lidera as estatísticas de necessidade de reparo e/ou substituição nas motocicletas, seguido da relação (transmissão), com 27,4%, e freio dianteiro, com 27,3%.

Leia também:
+ Festas, encontros e eventos para motociclistas de novembro de 2017
+ Teste: Honda CB 500X é moto para todo serviço
+ Mercado de motocicletas tem vendas estáveis em abril
+ BMW amplia linha de miniaturas colecionáveis da marca
+ BMW lança nova R 1200 GS em duas versões: Sport+ e Premium+
+ Honda lança financiamento especial para a Africa Twin
+ BMW Brasil lança hotsite para pré-venda da G 310 R

Em paralelo ao MotoCheck-Up, a entidade irá realizar 15 blitzes espalhadas pela cidade, nas principais vias que dão acesso ou estão relacionadas ao tráfego das Marginais Tietê e Pinheiros, como as avenidas Bandeirantes, Rebouças, Faria Lima, Tiradentes, Salim Farah Maluf, Aricanduva e Estrada do M’Boi Mirim, entre outras.

Serão três blitzes diárias em cinco dias, com a distribuição de 900 mil panfletos educativos. Os folhetos possuem cinco temas: sinalização durante mudança de faixa, o uso correto do equipamento de segurança, excesso de velocidade, uso do celular e o comportamento do condutor.

Juntamente com a CET, a entidade também está destinando 100 mil folhetos para o Sindipetro – Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado de São Paulo, que serão distribuídos para motociclistas e motoristas em postos de combustível da capital paulista. A Abraciclo investiu cerca de R$ 200 mil nas atividades.

-Informações: divulgação – Imagens: MotoMovimento-

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *