O fluxo perfeito de Willie Knoll

A parisiense Clutch Custom apresentou sua nova customização baseada em uma Triumph Bonneville T100 ano 2007. A personalização busca, de acordo com o customizador Willie Knoll, “fluxo perfeito”. No trabalho, Knoll refez a traseira da moto alinhando-a com o tanque de combustível.

Entre as modificações estão a instalação de um garfo dianteiro da Triumph Trophy, nova usinagem da coluna de direção, discos de freio personalizados, roda dianteira aro 19 e traseira 18. A reconstrução da parte traseira do quadro também permitiu baixar o banco.

Leia também:
+ O minimalismo de Roland Sands
+ Lauge Jensen e A. Kahn Design apresentam novo modelo
+ Yard Built XV950 Pure Sports
+ Henrik Fisker volta com Viking Concept
+ A exclusiva Bonneville T100 Avirex

O tanque e os escapamentos foram construídos na oficina. O motor também foi retrabalhado para aumentar a potência. Também são artesanais a tampa do tanque e as pedaleiras. Os preços do customizador são sob consulta.

-Imagens: divulgação-

2 comentários em “O fluxo perfeito de Willie Knoll

  1. Acho o desenho da original mais harmonioso. Agora, gosto é gosto e cada um tem o seu. Não tenho a referida moto mas, em nenhum momento eu a modificaria desse jeito.

  2. As motos triumph bonneville são as clássicas mais funcionais, e das mais bonitas; paralelamente muito a ver com a história e design da automotiva austin mini(mini morris). Principalmente as de pintura verde com assentos couro cru, inglês na essência. E também para mim, lindíssimas as que são transformadas em café racers. Essa customizadora caprichou, deu leve toque “bad” despojado. Os customizadores franceses têm dna nas transformizações, cito a antiga “Egli”. Ela fez em 1980 uma transformação de uma cbx 1050 absurda, para reinar na rua augusta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *