Pikes Peak 2018

São Paulo (SP) – Rafael Paschoalin conquistou o terceiro lugar na categoria Middleweight do Pikes Peak, corrida de subida de montanha, disputada no Colorado, EUA. Pilotando uma Yamaha MT-09, ele percorreu os 20 km até o topo em 10min 04s – a dois segundos de segundo colocado, Davey Durelle, o maior vencedor da competição de todos os tempos.

Esta é a terceira vez que o piloto disputa essa prova. No ano passado, ao guidão de uma Yamaha MT-07, conseguiu um histórico segundo lugar na categoria middleweight, até então, disputada por motos com capacidade cúbica entre 501 e 750cc.

Neste ano, uma repentina mudança no regulamento, que ampliou a capacidade cúbica da categoria middleweight para 850cc, fez com que a vantagem conquistada em termos de desenvolvimento de sua MT-07 fosse perdida, voltando à estaca zero todo o trabalho necessário para tornar sua nova moto, a Yamaha MT-09, em uma máquina ainda mais competitiva.

“Cabeça erguida pelo empenho de todas as pessoas que estiveram ligadas a esse projeto. Não fiquei feliz com o resultado mas entendi que depois de tantos problemas só o fato de participar da prova já foi válido! Depois que os problemas se foram pude curtir a pilotagem da minha Yamaha MT-09 na subida de montanha mais insana que existe e essa sensação já me faz pensar na prova do ano que vem. Voltaremos mais fortes em 2019! ”, disse Paschoalin ao final da competição.

Leia também:
+ Indian deixa mercado brasileiro
+ BMW Group anuncia produção nacional da nova família F em sua fábrica de Manaus
+ Teste: Yamaha Crosser 150 Z. Visual convida para a terra
+ BMW promove R 1200 GS e R 1200 GS Adventure com GPS brinde e bônus para troca da seminova
+ Conceito elétrico Mankame EP-1 com autonomia de 520 km
+ KTM e Brasil Moto Tour lançam programa de passeios nos Lençóis Maranhenses 2018
+ Promoções Harley-Davidson para o mês de junho 2018
+ Kawasaki Z 900RS. No Brasil, por R$ 48.990
+ Teste: BMW G 310GS. Aventureira eficiente na cidade
+ H-D Battle of The Kings. Em 2018, pela primeira vez no Brasil

A Pikes Peak International Hill Climb (PPIHC) é uma corrida centenária que elege – entre diversas categorias de motocicletas e carros – o piloto mais rápido a subir uma sinuosa estrada com 20 km de percurso e nada menos que 156 curvas dos mais variados raios. Em alguns pontos, é preciso reduzir da quinta para a primeira marcha!

A largada acontece a cerca de 2300 m de altitude e a chegada a mais de 4300m. Da largada à chegada, a queda de temperatura pode superar os 20 graus, muitas vezes gerando o eminente risco do asfalto congelar nas curvas finais do percurso e consequentemente comprometendo a aderência dos pneus em uma pista à beira de precipícios, sem qualquer tipo de proteção ou contenção.

-Informações e imagens: divulgação-

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *