Raker

A empresa britânica ETT Industries apresentou um novo conceito de moto elétrica com componentes impressos em 3D. A Raker, diz a empresa, é feia mas eficiente. Voltado exclusivamente para o ambiente urbano, o modelo é simples formado por um chassi em alumínio constituído por duas placas que abrigam baterias de lítio e placas eletrônicas. Com a moto, a montadora entrega também os arquivos para que o proprietário possa imprimir novos componentes feitos em impressora 3D para reposição e reparos.

O motor elétrico de 2.000w foi instalado no centro da roda traseira capaz de levar o veículo a até 45 km/h em uma autonomia de 80 quilômetros. As baterias de lítio são recarregadas completamente em até 5 horas.

Leia também:
+ Yamaha promove seis modelos até o final de abril
+ BMW reajusta preços de cinco modelos no mercado brasileiro
+ Teste: Harley-Davidson softail Breakout
+ Teste: Biz 110i, com injeção eletrônica fica mais eficiente no trânsito da cidade
+ Yamaha traz para o Brasil a MT-03 e o scooter NMAX 160
+ Honda começa a vender no Brasil, em abril, o scooter SH 300i por R$ 23.590
+ Veja o calendário de eventos para motociclistas de dezembro de 2016
+ Teste Indian Chief Classic e Chief Vintage

Os pneus são de 12 polegadas e os freios contam com disco dianteiro com uma pinça de dois pistões e um disco traseiro com cáliper radial.

O painel de instrumentos é uma pequena tela de LCD. Tem duas entradas para USB e custa, na Europa, 3.400 €, em quatro versões de cores.

-Informações e imagens: divulgação-

2 comentários em “Raker

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *