Rally dos Sertões 2016

Ramon Sacilotti venceu o primeiro dia do Rally dos Sertões 2016 na categoria Motos. Cristiano Batista e Robledo Nicoletti foram os vencedores nos UTVs, e Marcelo Medeiros, nos Quadriciclos. Hoje, a competição segue para Cavalcante (GO). Cristian Baumgart e Beco Andreotti, nos Carros. Os primeiros 364,5 quilômetros dos 3.212 que compõem o roteiro do Rally dos Sertões 2016 foram cumpridos entre Goiânia (GO) e Padre Bernardo (GO).

Ramon Sacilotti, o primeiro na classificação das motos, destacou as dificuldades enfrentadas na trilha. “Foi uma etapa bem travada, com trecho de serra de piso liso e escorregadio, em que não podia vacilar nas curvas, porque tinha muitos abismos. Consegui imprimir um ritmo legal, sem arriscar muito e nem cometer erros e veio um resultado bom”, disse.

Marcelo Medeiros, atual campeão nos quadriciclos e o vencedor da primeira etapa, também adotou a cautela como estratégia. “Foi uma etapa curta, com 111 quilômetros (de trecho cronometrado), mas bem trabalhosa. Com muitas curvas, pedras e lajes, que exigia cuidado. Chegamos inteiros e sem erros de navegação. Começamos bem, mas ainda é muito cedo. O Rally dos Sertões é uma prova imprevisível, por isso temos de nos manter bem focados”, afirmou.

Leia também:
+ Triumph inicia vendas dos modelos Bonneville T120 e Thruxton R
+ Teste: Yamaha NMax é eficiente nos corredores do trânsito das cidade
+ Honda PCX 150 oferece conforto no trânsito
+ Teste: Honda XRE 190 é gentil com o piloto
+ Teste: Honda XRE 300 Rally é trail perfeita para uso na cidade
+ Kawasaki apresenta linha off road 2017
+ Dafra tem bônus de fábrica para Cityclass 200i e Fiddle III
+ Linha 2017 CG 160 Titan e CG 160 Fan tem novas cores e grafismos
+ BMW oferece novas tecnologias para os modelos BMW R 1200 GS e R 1200 GS Adventure
+ Honda lança CBR 250RR na Indonésia

Na segunda etapa do Rally dos Sertões, que será disputada hoje (5), os pilotos vão rodar 418,3 quilômetros, sendo 374,8 quilômetros de especial (contra o relógio).

Carros, motos, quadriciclos e UTVs se deslocam por 34,2 quilômetros até as proximidades de Mimoso de Goiás, onde terá início o trecho cronometrado. Será uma das especiais mais técnicas e duras de todos os tempos. A largada será em zona agrícola, com longas retas. A competição segue por estradas de fazendas bem estreitas, sinuosas e com muitas lombas e lombadas.

A prova continua por uma região montanhosa, com muitas pedras, lajes e zonas de trial com grandes erosões. A prova fica mais rápida e com todos os tipos de terreno (cascalho, piçarra, pedras grandes e lajes), alternando trechos de média e baixa velocidade. No último quarto da especial, a prova fica bem veloz, seguindo assim até a última descida de serra, próximo a Cavalcante.

Resultados da primeira etapa (extra-oficiais)

Motos
1º Ramon Sacilotti 1h38min24
2º Jean Azevedo 1h39min13
3º Tunico Maciel 1h39min17

Quadriciclos
1º Marcelo Medeiros 1h46min49
2º Diogo Zonato 1h52min26
3º Giovanni Ramos Filho 1h54min53

UTVs
1º Cristiano Batista/Robledo Nicoletti 1h44min16
2º Bruno Sperancini/Breno Resende 1h48min57
3º Enrico Almeida/Alvaro Almeida 1h52min04

Carros
1º Cristian Baumgart/Beco Andreotti 1h36min42
2º Reinaldo Varela/ Gustavo Gugelmin 1h39min51
3º Lance Woolridge/Marcelo Haseyama 1h41min15

-Informações e imagens: divulgação-

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *