Rally Rota SC

Atual bicampeão nacional da Super Production, Ramon Sacilotti foi o mais rápido das motocicletas no Rally Rota SC e somou importantes pontos para o Campeonato Brasileiro de Rally Baja. O evento foi realizado neste final de semana em Tijucas (SC). A prova foi marcada por alterações no percurso por conta da chuva que caiu na região nas últimas semanas. Por isso, apenas as disputas deste sábado valeram pelo Brasileiro. “Foi um evento diferente do que estamos acostumados, com especiais curtas e de altas velocidades”, comemorou o paulista, que venceu nos dois dias.

O catarinense Ricardo Martins também se destacou na disputa do Brasileiro, mesmo tendo problemas. “Sofri uma queda ontem em uma curva de alta velocidade e fiquei bastante ralado, com dores nas costelas e no ombro direito. Fui até o final e terminei em terceiro na Super Production, mas hoje decidi não largar”, explicou. O gaúcho Gregório Caselani também representou o Team Rinaldi na categoria e confirmou quarto lugar no sábado e terceiro neste domingo.

Na Production Aberta, Leandro Silveira, de Santa Catarina, foi o segundo mais rápido hoje, após o terceiro lugar de sábado. O mineiro Guilherme Piva foi o quarto colocado da categoria, na frente de Moara Sacilotti. O Team Rinaldi utilizou pneus dos modelos HE40 e RMX35 no desafio, sendo que a próxima etapa do Brasileiro de Baja está marcada para o dia 20 de julho, em Barretos (SP).

Polaris

Com 60% do grid da categoria UTV, a Polaris, líder mundial no segmento de ATV (quadriciclo) e side-by-side (UTV), dominou o pódio da modalidade no Rally Rota SC. A competição soma pontos pela 5ª etapa do campeonato Brasileiro de Rally Baja.

A bordo do RZR S 800, Cesar Augusto Herwig foi o campeão da modalidade Marathon 850. Concorrendo com o mesmo modelo, Rodrigo Cordaro, Edson Tuzino e Helena Deyama formaram os demais lugares do pódio nesta categoria, respectivamente.

Na modalidade UTV Production, Zé Hélio, integrante da equipe Sacramento Racing Polaris, levantou a poeira com o RZR XP 1000 Dakar e alcançou a primeira colocação.

Já categoria na UTV Super Production, Nuno Fojo, o líder do campeonato de Baja, com 107 pontos, ficou em segundo lugar no pódio.

“A prova foi um espetáculo. Começou chovendo, pista muito lisa, o que exigiu muita técnica dos pilotos”, comenta Nuno.

Além do Super Production, com o Nuno, a norte-americana lidera as três categorias no Campeonato Brasileiro de Baja 2014. Zé Hélio encabeça a Production, com 103 pontos, Guto Herwig segue em primeiro na categoria Marathon 850, com 125 pontos, seguido pela Helena Deyama, com 100, e André Corrêa, com 92.

A próxima etapa do campeonato será a 8ª edição do Cross Country Rallymakers Barretos, a ser realizada entre 18 e 20 de julho. Pela primeira vez, a prova será realizada no inverno o que trará uma nova característica térmica ao evento.

-Imagens e informações: divulgação-

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *