Recall BMW

Recall BMW – A fábrica solicitou aos clientes proprietários do modelo R 1200 RT, modelo 2014 equipados com a opção ESA dinâmica, que deixem de pilotar a moto. O aviso foi divulgado no último dia 5. De acordo com a montadora alemã, há um defeito no amortecedor traseiro que pode causar graves acidentes. No Brasil, o modelo teve as vendas suspensas no início desse ano e retornou ao mercado em abril. Está disponível na rede de concessionárias por R$ 89.900. MotoMovimento entrou em contato com a BMW Motorrad do Brasil que informou, por meio da assessoria de imprensa, que está avaliando o impacto da medida no mercado brasileiro para definir ações.

“No presente momento, não se pode excluir que a haste do amortecedor traseiro em conexão com a opção SEC dinâmico poderá romper. Por este motivo, os clientes são convidados a não andar de moto até novo aviso. Esta é uma medida cautelar que a BMW Motorrad está tomando no interesse da segurança do cliente com base em um relatório fornecedor. Até o momento não houve lesões relacionadas a este assunto”, informa mundialmente a montadora.

De acordo com a BMW cerca de oito mil unidades vendidas no mundo devem passar pelo recall. “Uma campanha técnica está em preparação para substituir a peça em questão. BMW Motorrad lamenta qualquer inconveniente causado aos clientes afetados por esta medida de precaução”.

OUTRO RECALL: BMW R 1200 GS

O Ministério da Justiça determinou que 757 unidades da motocicleta BMW R 1200 GS devem passar por recall no Brasil. A ação deve começar a partir de 18 de junho com averificação do retentor do eixo cardã, colocação de chapa de contenção e, se necessário, substituição do referido retentor das motocicletas R 1200 GS, fabricadas de maio de 2012 a julho de 2013.

De acordo com o comunicado, o retentor localizado na saída do eixo cardã da motocicleta pode se soltar e ocasionar vazamento de óleo lubrificante que poderá escorrer pela balança da suspensão até o pneu traseiro da motocicleta. O óleo pode ocasionar a derrapagem da roda e, consequentemente, acidentes e danos físicos e materiais ao condutor, passageiro e terceiros.

O recall envolve motos de chassis entre os intervalos Z107102 A Z126913, com números não sequenciais. A BMW disponibiliza o telefone 0800 707 3578 ou pelo site www.bmw-motorrad.com.br.

-Imagens: divulgação-

7 comentários em “Recall BMW

  1. Qual o problema da moto custar 90mil , pode custar 300mil , até 1 milhão – compra quem quer comprar. ninguém é obrigado. Eu não entendo qual é o trauma , contra os preços da BMW, faça igual eu não compre MOTO BMW . Venho fazendo isso a 40 anos e pelo visto não tem afetado muito as vendas da BMW HAHAHAHAHAHAHAHAHA.

  2. CONTINUO CONFIANDO NA MARCA. O IMPORTANTE É ANUNCIAR O RECALL, E RESOLVER O PROBLEMA. PROCURANDO NOS SITES DAS MONTADORAS, TEM RECALL DA TODAS AS MARCAS TRIUMPH, SUZUKI, HONDA,ETC. ATE A DUCATI QUE TROUXE 15 PANIGALE TEVE RECALL. VAMOS FICAR MAIS EXPERTOS PARA OUTRAS MARCAS QUE VENDEM MUITO E NÃO TEM RECALL.

  3. Uma moto de R$ 90.000,00 e os engenheiros não conseguem fazer as coisas direito? Por isso escolhi a Triumph, mais barata, ronco mais bonito, moto mais bonita e mais barata, comparando a minha Tiger 800xc X GS 800

  4. BELA MOTO MUITA TECNOLOGIA EMBARCADA PREÇO A ALTURA RECALL A ALTURA

    VOU CONTINUAR COM A MINHA

    POUCA TECNOLOGIA PREÇO AO MEU BOLSO

    ANDA NA PONTA NO MUNDIAL DE MOTO GP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *