Royal Enfield inicia operação no Brasil

A montadora indiana Royal Enfield inicia, no próximo dia 20/04, sua operação própria no Brasil. A marca, até pouco tempo comercializada por meio de representante, inaugura também no dia 20, sua primeira concessionária brasileira, a Royal Enfield SP. A loja está localizada na av. República do Líbano, 2.070, em São Paulo. Na abertura das operações, o presidente da empresa, Rudratej Singh, vai anunciar a estratégia da marca para o mercado nacional.

Na linha de montagem da Royal Enfield estão cinco modelos: “retrô street” Classic, a “standard street” Bullet a “café racer” Continental GT, a “cruiser” Thunderbird e a “aventureira” Himalayan. No Salão de Milão de novembro do ano passado, a marca anunciou que inicialmente vai entrar no mercado brasileiro com três modelos fabricados na Índia e montados no Brasil pelo sistema CBU (completely built-up): Classic, Bullet e Continental GT. Os demais devem ser incorporados ao line up nacional ao longo do tempo.

Leia também:
+ Teste MotoMovimento: Harley-Davidson Roadster é moto a ser domada
+ Caixa abre financiamento para motocicletas
+ Yamaha XJN 2018 chega com novas cores azul e cinza
+ Ducati anuncia venda compartilhada de quatro modelos no Brasil
+ Calendário MotoMovimento para festas e eventos de julho de 2017
+ Produção de motocicletas mantém queda em fevereiro
+ Harley-Davidson lança novo modelo Street Rod 750

Os modelos variam de 350cc a 535 cc da café racer Continental GT passando por 410 cc da Himalayan. A Bullet tem motor de um cilindro, 500cc, com refrigeração a ar e duas velas, alimentado por injeção eletrônica. Produz 26,1 cv de potência máxima e 4,17 kgf.m de torque a 3.800 rpm. Tem com garfo telescópico na frente e sistema bichoque atrás com freio a disco na roda dianteira e ABS opcional.

A Classic utiliza o mesmo motor da Bullet, câmbio de cinco marchas e 27,2 cv de potência. A Continental GT tem motor monocilíndrico injetado de 535 cc, refrigeração a ar e 29 cv de potência máxima. Originalmente inglesa, a montadora fundada em 1891, mas pertence à empresa indiana Eicher Motors desde 1990.

-Informações e imagens: divulgação-

3 comentários em “Royal Enfield inicia operação no Brasil

  1. A marca deu um passo à frente quando era representada, com o processo que premiava quem recomendasse a marca através da chamada “Família Royal”.
    Agora parece que vieram com a mesma estratégia fracassada das outras fábricas.
    É uma pena que não enxerguem que o brasileiro quer motos robustas, confiáveis e que tenham precos decentes para as peças de reposição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *