Scooter Honda PCX versão 2017

O scooter Honda PCX tem somente novas cores e novos preços na versão para 2017. No modelo Standart as cores são prata fosco (inédito) e cinza metálico com preço público sugerido de R$ 10.300. Já na DLX, com nova cor marrom perolizado, o preço é de R$ 10.800. Os novos preços reduziram o custo do modelo, em média, em R$ 500. É o resultado da concorrência direta com o scooter NMAX, da Yamaha, lançado em abril, com custo atual de R$ 12.242 à vista. A cor marrom perolizado da versão DLX, é uma combinação em 2 tons, com o couro do banco em um tom mais claro. A tem previsão de chegada nas concessionárias é a segunda quinzena de outubro.

A montadora destaca que o PCX é o único scooter na categoria até 200cc com 3 anos de garantia mais 7 trocas de óleo grátis. Tem tecnologia “Idling Stop” que permite o desligamento automático do motor em situações cotidianas como uma parada em semáforo, e retomada automática após acionamento do acelerador. Com baixo impacto ao meio ambiente, o sistema permite maior economia de combustível e melhor autonomia (tanque com capacidade de 8,9 litros), no urbano.

Leia também:
+ Esguio, NMAX da Yamaha é ideal para a cidade
+ BMW e Alpinestars lançam jaqueta com airbag
+ Triumph Riding Experience tem curso exclusivo para mulheres
+ Rota K Off Road Test Ride, em Itupeva (SP)
+ NXR 160 Bros tem duas novas cores para 2017
+ Teste Yamaha YZF-R3: espírito esportivo em conforto street
+ Honda inicia vendas da CBR 500 R, esportiva da família 500cc
+ KTM lança Duke Tour Brasil 2016
+ Honda inicia vendas do modelo CBR 500 R
+ Yamaha relança o scooter NEO agora com 125cc
+ Triumph lança modelo Tiger Explorer XCa por R$ 78.500
+ Produção de motocicletas tem queda de 18,6% em agosto, diz Abraciclo

O moto é o mesmo monocilíndrico OHC (Over Head Camshaft), 4 tempos, com injeção eletrônica PGM-FI (Programmed Fuel Injection) e arrefecimento líquido. A potência máxima é de 13,1 cv a 8.500 rpm e torque máximo de 1,36 kgf.m a 5.000 rpm, que lhe garantem boa rapidez nas arrancadas. A capacidade do motor é de 149,3 cm² e já esta em conformidade e adequada aos padrões exigidos pela segunda fase do Promot 4 (Programa de Controle da Poluição do Ar por Motociclos e Veículos Similares).

O sistema de freios é o CBS (Combined Brake System), tecnologia que distribui parte da força aplicada ao freio traseiro para o dianteiro. Na dianteira, o disco possui diâmetro de 220mm e cáliper de duplo pistão. Já a traseira apresenta freio a tambor de 130 mm.

A relação de transmissão automática continuamente variável CVT (V-Matic). O chassi do tipo berço em tubos de aço apresenta distância entre eixos de 1.315 mm. O conjunto de suspensões apresenta, na dianteira, garfo telescópico com 100 mm de curso. Na traseira, conta com sistema de duplo amortecimento e curso de 85 mm. As rodas de 14 tem pneus 90/90-14M/C 46P na dianteira e 100/90-14M/C 57P na traseira.

-Informações e imagens: divulgação-

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *