Sétima etapa do SuperBike

Eric Granado #151, da Honda Racing Team, venceu as duas baterias da sétima rodada do SuperBike Brasil, no Autódromo Ayrton Senna, em Goiânia-GO. Ainda lesionado depois de uma queda que sofreu numa etapa do Campeonato Europeu, sofreu com dores para treinar e correr no final de semana. O piloto, de 21 anos, soma sete vitórias e seis pole positions em nove provas disputadas no campeonato brasileiro este ano.

No domingo (22/10), Granado largou da ponta nas duas corridas, foi cauteloso e pensou em administrar a liderança no campeonato. “Larguei razoavelmente bem, administrei os pneus, pois a pista estava bem quente, o que prejudica a aderência, mas deu tudo certo nas duas corridas e garanti as vitórias. Estou bem feliz com o resultado”, disse.

Agora, prepara-se para a última etapa do Campeonato Europeu, onde é líder e disputará o titulo no próximo dia 19 de novembro. Antes disso, no dia 12 de novembro, desembarcará em Valencia, na Espanha, para disputar o Mundial de Moto2, como “wild card”. Em 2018, Granado defenderá a equipe italiana Forward Racing, na categoria Moto2 do Mundial de Motovelocidade.

Logo depois de Granado e com ótimo desempenho nas duas baterias da etapa, Alex Barros, #4, da Hibridos Club Alex Barros Racing, garantiu a segunda colocação em ambas. A 3ª posição ficou com Wesley Gutierrez, #15, da Kawasaki Racing Team, que disputou de igual para igual com os adversários. O argentino, Diego Pierluigi, #84, companheiro de Barros, não correu hoje por conta de uma luxação no ombro direito após uma queda warm-up.

Já na SuperSport/Stock 600cc, Maximiliano Gerardo, #41, da Ducati Mooca Motul, dominou a segunda corrida desta etapa e conquistou a vitória, garantindo a oitava da temporada. O uruguaio liderou de ponta a ponta e tornou-se campeão antecipadamente da categoria. O segundo colocado foi o #77, Lucas Torres, da PKM Racing. Quem brigou por uma posição melhor e acabou como terceiro é Pedro Sampaio, #28, da Tecfil Racing Team.

Na Stock 600cc, o estreante na categoria nessa temporada, Rafael Rigueiro, #52, da Pitico Racing, fez uma grande prova ao fechar na liderança e sagrar-se Campeão Brasileiro antecipadamente. Osvaldo Jorge “Duende”, #55, da Duende Racing , ficou em segundo e, o destaque seguinte foi Regis Santos, #20, da RF Racing.

Líder do campeonato na categoria SuperBike Light, Rodrigo Dazzi tem mostrado que está com sede de vitória para faturar o bicampeonato brasileiro. O piloto #146 repetiu o espetacular desempenho da primeira rodada e, mesmo largando na segunda posição, confirmou a vitória ao chegar em primeiro lugar. Vitor Reis, #25 da Pitico Race Team, terminou a corrida na segunda posição. O terceiro da Light foi o #181, Rodrigo de Giovanni, da Motonil Motors / UsatecBSB.

Após bons treinos realizados no final de semana, o piloto #34 da Kawasaki Racing Team, Bruno Corano, colocou em prática sua experiência na segunda bateria da SuperBike Evolution e saiu com a vitória. Jean Vieira, #11, da Paulinho SuperBikes, terminou como vencedor na Evolution 1000cc, abrindo espaço no pódio para Felipe Comerlatto, #186, da JC Racing e Edson Luiz, #99, da PRT – Pitico Race Team. Na categoria Evolution Master, o grande vencedor foi Guilherme Neto, #66, da Pro Racing Team, que manteve a regularidade durante toda a prova.

Na categoria SuperStock, Juracy Black, #56, da Paulinho SBK/Black Day Racing Team, venceu as duas corridas da 7ª Etapa. Largando no pelotão de frente, o piloto dominou a vantagem sobre os adversários para assegurar o bom resultado. Cleberson Maicher “Alemão”, #17, da Poti Racing Team terminou em segundo. Logo na sequência e com um bom desemprenho veio Anderson Gomes LHP, #191.

Na segunda bateria da SuperBike Escola, quem venceu novamente na segunda foi o #66, Rodrigo Tamani, da PRT – Pitico Race Team, que abriu boa vantagem sobre os adversários depois de uma ótima largada. Tamani manteve o bom ritmo da sua posição de largada, deixando a segunda colocação para Agnaldo R. Schmitz, #123, da SULMERJ-SC. O terceiro da categoria foi Tiago Crespo, #4, da Qatar Racing Team. A prova está sob judice e o resultado pode ser alterado.

Leia também:
+ Honda apresenta a Biz versão 2018 no Salão Duas Rodas 2017
+ Novas CB 650F e CBR 650F 2018. Mais 1,5cv e marchas mais curtas
+ Produção de moto 2017/2016. Abraciclo vê estabilidade
+ T-Cruise, novo modelo elétrico italiano com autonomia de até 270 km
+ Salão Duas Rodas lança websérie sobre o evento de 2017
+ CB Twister 2018 com novas cores e grafismos
+ KTM oferece bônus de fábrica para a 390 DUKE ABS, em outubro
+ Teste: Honda NXR 160 Bros 2018 com CBS (Combined Brake System)
+ Teste: Feita para a cidade, Honda SH 150i encara rodovias
+ Ducati XDiavel Dark. No Brasil, por R$ 79.900

Alexandre Oliveira levou a melhor na categoria SuperSport Escola. O #27 da Colorado Doctor Racing Team, foi pressionado pelo adversário Silas Esperque, #316, da Paulinho SuperBikes que levou a segunda posição. O #299, Hideki ‘Japonês’, terminou em terceiro correndo pela Full Rider Ducati.

O piloto Leonardo Tamburro, #53, da MotoSchool Racing, mostrou total controle no grid da Copa Honda CBR 500R. O piloto venceu todas as etapas do ano e seguiu invicto em Goiânia-GO, afirmando ainda mais o merecimento do título do Campeonato Brasileiro. Quem também fez uma grande prova foi o #5, Lucas Alvarenga, da equipe MotoSchool Racing, que não abandonou o pelotão de frente e terminou a prova conquistando a segunda posição no geral, primeira na Light e na Teen. Ademilson Peixer, #43, companheiro de Tamburro apareceu na sequência com a terceira posição. A prova está sob judice e o resultado pode ser alterado.

A prova da Honda Junior Cup foi pura emoção na 7ª Etapa do SuperBike Brasil. Abrindo o domingo com sucesso, o piloto João Vitor Carneiro, #13, ultrapassou os adversários após largar na quinta posição e nas últimas voltas garantiu a vitória na etapa. A disputa foi intensa com Rubens Mesquita Barros, #11, que terminou na segunda posição. O líder do campeonato, Leo Manella soube administrar a vantagem que tem no campeonato e mesmo perdendo a primeira colocação e cruzando a linha de chegada na terceira colocação, garantiu o título de campeão da temporada.

Yamalube R3 Cup

Durante a 7ª etapa do SuperBike Brasil houve muita adrenalina e emoção na corrida da Yamalube R3 Cup, que trouxe muitas trocas de posições no pelotão da frente. Na Yamalube R3 Cup, Bruno Cesar Borges, #51, da Tecfil Racing Team/Gilberto Motos garantiu a primeira colocação após largar dos boxes e fazer lindas ultrapassagens até chegar à vitória. Indiana Muñoz, #199, da Castrol Team, garantiu a posição seguinte após se manter na liderança por bastante tempo. Enzo Valentim Garcia, #29, da FastKids By Piui Motorsport, aparareceu no terceiro lugar. Eliton Kawakami, #27, da Yamaha Racing, protagonizou uma linda disputa na categoria Yamalube R3 Cup Stock e garantiu o título de Campeão Brasileiro da temporada. A prova está sob judice e o resultado pode ser alterado.

O piloto Matheus Barbosa, #260, repetiu o bom desempenho de Curitiba-PR. O piloto da Motonil venceu a Copa Kawasaki Ninja 300 para fechar a 7ª Etapa do SuperBike Brasil da melhor maneira possível. A disputa foi muito intensa entre os cinco primeiros colocados. Matheus teve um ótimo desempenho e ficou com uma pequena vantagem sobre o segundo colocado, Fernando Santos, #234, da TecFil Racing Team. A terceira posição foi do piloto #199, Kioman Munoz, da Motonil Motors/Usatec BSB/Açai Vitanat.

Na categoria Copa Kawasaki Ninja 300 Light, o grande vencedor foi Marcelo Moreno, #77, da FastKids By Piui Motorsport. Logo em seguida, apareceu com ótimo desempenho Fábio Teixeira Florian, #88, da FasKids By Piui. Em terceiro lugar, Gilmar F. Barbosa, #450, da Paulinho SuperBikes. A prova está sob judice e o resultado pode ser alterado.

-Informações e imagens: divulgação-

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *