Teste: Honda CB 500X

A Honda CB 500X é uma moto para todo o tipo de serviço. Com a mesma motorização dos outros dois modelos da linha, naked e esportiva, é alternativa crossover ágil para as cidades e seus corredores e tem conforto suficiente para longas viagens.

Colabora para o conforto, a baixa vibração do motor bicilíndrico, refrigerado a líquido, de 471 cm³ de capacidade com duplo comando no cabeçote (DOHC) que oferecem 50,4 cv de potência máxima a 8.500 rpm e torque máximo de 4,55 kgf.m aos 7.000 giros. É um propulsor equacionado para a cilindrada que leva bem na estrada, proporciona ultrapassagens em retomadas competentes mas não tão emocionantes como nas motos maiores.

Grande parte do mérito da moto na pilotagem natural é seu conjunto de suspensões na dianteira de garfo telescópico com curso de 140 mm e na traseira com Pro-Link de 118 mm. São 20 mm a mais do que nas versões naked e esportiva da linha. Some-se a isso um banco largo e de baixa resistência. A posição ereta, além do guidão largo, levaram o teste de MotoMovimento a mais de 500 quilômetros com pit stop somente para reabastecimento sem cansaço até mesmo na garupa. Com tanque de 17,7 litros, incluída a reserva, o modelo pode fazer até 26 km/l dependendo da forma como é levado.

Leia também:
+ Mercado de motocicletas tem vendas estáveis em abril
+ BMW amplia linha de miniaturas colecionáveis da marca
+ BMW R 1200 GS Adventure Triple Black chega por R$ 86.900
+ Festas, eventos e encontros MotoMovimento para outubro de 2017
+ BMW lança nova R 1200 GS em duas versões: Sport+ e Premium+
+ Honda lança financiamento especial para a Africa Twin
+ Teste: Honda SH 150i é ágil na cidade e agrada na serra
+ Royal Enfield chega ao Brasil com motos de 500c a partir de R$ R$ 18.900
+ BMW Brasil lança hotsite para pré-venda da G 310 R

Com distância entre eixos de 1.421 mm, distância mínima do solo de 167 mm e altura do assento de 812 mm em peso seco de 183 kg já contando com o ABS de fábrica, o modelo é de fácil manejo nas manobras e em estacionamento. Seus 1.421 mm de entre-eixos, 2.098 mm de comprimento, 826 de largura e 1.358 mm de altura que facilitam o uso por pilotos de quaisquer estaturas.

Como toda moto tipo “aventureira”, a CB 500X é basicamente feita para andar em estradas asfaltadas e de preferência bem pavimentadas. Pode-se até utilizá-la em estrada de terra desde que o terreno esteja uniforme. É, basicamente, o mesmo comportamento dos modelos destinados ao touring.

Neste momento (09/05), o preço sugerido do crossover está mais competitivo. De originais R$ 29.900, com bônus para pagamento à vista sai por R$ 24.900.

Ficha técnica

Transmissão: 6 velocidades
Sistema de partida: Elétrico
Diâmetro x Curso: 67,0 x 66,8 mm
Relação de Compressão: 10,7:1
Sistema Alimentação: Injeção Eletrônica PGM-FI
Combustível: Gasolina
Ignição: Eletrônica
Bateria: 12V – 8,6 Ah
Farol: LED
Óleo do motor: 3,2 litros
Freio dianteiro/diâmetro: a disco / 320 mm
Freio traseiro/diâmetro: a disco / 240 mm
Pneu dianteiro: Dunlop TrailMax – 120/70-17
Pneu traseiro: Dunlop TrailMax – 160/60-17

-Informações e imagens: MotoMovimento-

Um comentário em “Teste: Honda CB 500X

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *