Triumph inicia vendas

A Triumph começa a vender a partir de agora, no Brasil, os modelos mais recentes da linha Tiger Explorer nas versões XR por R$ 58.500 e XCx por R$ 70.500. A nova Speed Triple R sairá por R$ 59.500. As motos já circulam em outros mercados desde novembro do ano passado quando foram lançadas no Salão de Milão, na Itália.

Leia também:
+ Triumph inicia pré-venda do novo modelo Speed Triple R no Brasil
+ Tiger Explorer XR e Tiger Explorer XCx: pré-venda e lançamento no final de junho
+ Abraciclo prevê ano negativo para o setor de motos brasileiro
+ Novas cores e grafismos na linha 2017 dos modelos Naked CB 650F e sport CBR 650F
+ BMW atualiza linhas 800 e 1200 para atender ao Euro4, na Europa
+ Euro4 encerra modelos Honda e Yamaha na Europa
+ Ducati comemora 90 anos com edição especial Ducati 1299 Panigale S Anniversario
+ Yamaha convoca recall da YZF-R3, modelo 2016, para recall de substituição da bomba de óleo e da placa de embreagem
+ Yamaha lança modelos 2017 Fazer 150 UBS e Factor YBR 125i
+ Honda apresenta nova linha 500cc
+ Fiddle III: Novo scooter retrô da Dafra

Na linha Tiger Explorer, todos os modelos da família são equipados com o mesmo motor tricilíndrico com 1.215 cc e 12 válvulas, que desenvolve 139 cv de potência a 9.300 rpm e 123 Nm de torque a 6.200 rpm.

A nova Triumph Speed Triple R tem motor triplo de 1050 cc em 140 cv de potência e 112 Nm de torque. O modelo está disponível nas cores Matt Graphite e Cristal White.

-Informações e imagens: divulgação-

Um comentário em “Triumph inicia vendas

  1. Se fizerem o mesmo com a existente, repetirá o fracasso. A Triumph deveria escrever um livro de como transformar uma moto referência mundial em mico. Demonstrando a falta de transparência ao alterar características básicas na moto, como uma relação alongada, um mapeamento péssimo mais uma das ponteiras alteradas, com a solda de uma espécie de arruela acarretando a diminuição da saída dos gases do lado esquerdo, tiraram a grande vantagem dos três cilindros, que é o torque. Nada disso foi divulgado pela fábrica. Fui proprietário de uma 2006 por dois anos e uma 2013 por três.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *