Triumph Speed Triple R

Apresentada no Salão de Milão do ano passado, na Itália, a nova versão da Triumph Speed Triple R chega ao mercado nacional na segunda quinzena deste mês por R$ 59.500. O modelo vendido no Brasil será montado na fábrica da marca inglesa em Manaus (AM). A marca já iniciou a pré-venda do modelo em suas concessionárias.

A moto conta com acelerador ride-by-wire, controle de tração comutável, freio ABS comutável e embreagem slip-assist. O modelo estará disponível nas cores Matt Graphite e Cristal White.

Leia também:
+ Yamaha promove R3 com Kit Sport Red #99
+ BRP abre concessionária no sul da Bahia
+ T12 Massimo. Última obra de Tamburini
+ Indian abre loja temporária em Campinas (SP)
+ Teste Honda SH 300i
+ Harley-Davidson convoca recall para 196 unidades da Low Rider
+ Indian lança programa de relacionamento da marca com seus clientes
+ BMW apresenta conceito R 5 Hommage
+ Teste: Honda PCX 150 modelo 2016
+ Recall XTZ 150 Crosser

De acordo com a empresa, o novo motor triplo de 1.050 cc que movimenta a nova Speed Triple incorpora 104 inovações em 104 cv de potência e 112 Nm de torque.

“A moto também ganhou um conjunto de tecnologias mais focadas no piloto, projetado para maximizar o controle e permitir que o piloto otimize o desempenho de acordo com as condições, com o clima e com seu estilo de pilotagem – como é o caso dos cinco modos de pilotagem”, informa a Triumph em comunicado de início das vendas no Brasil.

-Informações e imagens: divulgação-

3 comentários em “Triumph Speed Triple R

  1. Se fizerem o mesmo com a existente, repetirá o fracasso. A Triumph deveria escrever um livro de como transformar uma moto referência mundial em mico. Demonstrado a falta de transparência ao alterar características básicas na moto, como uma relação alongada, um mapeamento péssimo mais uma das ponteiras alteradas, com a solda de uma espécie de arruela acarretando a diminuição da saída dos gases do lado esquerdo, tiraram a grande vantagem dos três cilindros, que é o torque. Nada disso foi divulgado pela fábrica. Fui proprietário de uma 2006 por dois anos e uma 2013 por três.

  2. Houve um erro de digitação, essa moto tem 140cv, foi colocado 104.

    Andei na atual Speed Triple no Brasil, fiz teste de rua na Autostar Triumph no Morumbi e foi paixão na hora. Já andei em algumas 1000cc, é achei uma moto muito gostosa de pilotar, motor muito linear, ótima ciclística e excelentes freios. Essa nova versão veio com motor um pouco mais potente, mas acho que a deixaram mais explosiva.

    Eu já achei a versão atual do Brasil muito boa nas curvas, imagine essa versão com suspensão Premium.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *