Atualizado: Victory Motorcycles na Pike’s Peak

ATUALIZAÇÃO (21/06) – Don Canet, piloto que vai disputar a Pike’s Peak International Hill Climb com o protótipo da Victory Racing Project 156, no próximo dia 28 de junho, sofreu um acidente com a moto no primeiro treino da competição. Canet não saiu ferido mas o protótipo ficou seriamente danificado. A moto está sendo recuperada pelo designer Roland Sands, que a construiu baseada em um motor da montadora norte-americana Victory Motorcycles. A prova acontece no próximo dia 28 deste mês.

Veja abaixo um vídeo que mostra o acidente do ponto de vista do piloto:

A norte-americana controlada pela Polaris, Victory Motorcycles, prepara o protótipo Project 156 para competir no Pike’s Peak International Hill Climb. O modelo foi construído em uma parceria entre a marca e o designer Roland Sands. Será pilotada por Don Canet, um dos pilotos de prova da revista norte-americana sobre motociclismo Cycle World.

O protótipo, de acordo com a Victory, recebeu o nome Project 156 em homenagem às 156 curvas da Pike’s Peak. É uma moto de corrida feita à mão por Sands que montou pessoalmente o quadro que recebeu um motor experimental desenvolvido no centro de pesquisa e desenvolvimento da Victory, no estado de Minnesota.

Leia também:
+ Yamaha NMAX vai competir com o Honda PCX
+ Vespa Primavera é lançada na Europa
+ Honda renova SH300i na Europa
+ Metropolis 400i 2015 com GPS e comunicador de série
+ PCX 2015 DLX

De acordo com a fábrica, o motor tem “corpos de admissão com 67mm de diâmetro para obter binário e potência máximos, e ainda uma distribuição especial equipada com válvulas de titânio para garantirem fiabilidade e regimes elevados”.

Entenda a competição

A Pikes Peak International Hill Climb (PPIHC) acontece desde 1916 no Pico Pikes, localizado no Colorado, nos EUA. Também conhecida como The Race to the clouds (A corrida das nuvens) reúne automóveis, caminhões, quadriciclos e motocicletas, novos e antigos, em competições distintas que percorrem 19,99 km. Os pilotos abrem a prova a 2.860 metros de altitude e sobem 1.440 metros até o topo da montanha, a 4.300 metros do nível do solo, com inclinação média de 7%.

A corrida pertence ao calendário internacional de competições da Federação Internacional de Automobilismo (FIA). Era disputada em percursos alternados de terra e asfalto. Desde 2011 acontece somente em asfalto. A média atual de competidores é de 150 em todas as modalidades.

-Imagens e vídeo: divulgação-

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *