Yamaha Factor 150 ED 2018

A Yamaha anunciou a linha 2018 da YBR 150 Factor com freio unificado UBS (Unified Brake System) na versão ED. Além do sistema de freios, a ED tem partida elétrica, freio a disco na roda dianteira e rodas de liga-leve). O preço público sugerido é de R$ 8.890 (sem frete). A versão sem UBS, a E, tem partida elétrica, freio dianteiro a tambor e rodas raiadas), por R$ 7.990 (PPS) sem frete. A novidade no modelo ED unifica a frenagem dianteira e traseira em apenas um movimento do piloto, o acionamento do pedal, distribuindo a força de frenagem entre o freio a disco dianteiro e o freio a tambor traseiro.

Segundo a Yamaha Riding Academy – YRA (centro de pilotagem), a forma mais eficiente de frenagem é utilizar os dois freios ao mesmo tempo, dianteiro e traseiro. Porém, grande parte dos motociclistas, por diversas razões, tendem a utilizar mais os freios traseiros e se esquecem da eficiência dos freios dianteiros. Unificando os dois freios em um só movimento, diminui significativamente o tempo e o espaço de frenagem em relação ao obstáculo ou ao desvio à frente.

O sistema é o mesmo que já equipa a Fazer 150 UBS e o scooter NEO 125. “Pudemos comprovar a eficiência do equipamento no encontro com jornalistas no lançamento da Fazer 150 UBS, quando deixamos a disposição também a Fazer 150 sem UBS para comparação, além disso dois pilotos convidados fizeram um teste com esses dois modelos, Jorge Negretti e Leandro Mello, obtendo uma diferença bastante consistente na frenagem”, diz a montadora.

Leia também:
+ Kawasaki lança a Z 650 ABS no Brasil
+ Festas, encontros e eventos para motociclistas de novembro de 2017
+ Teste: Honda CB 500X é moto para todo serviço
+ Mercado de motocicletas tem vendas estáveis em abril
+ BMW amplia linha de miniaturas colecionáveis da marca
+ BMW lança nova R 1200 GS em duas versões: Sport+ e Premium+
+ Honda lança financiamento especial para a Africa Twin
+ BMW Brasil lança hotsite para pré-venda da G 310 R

A segunda geração do motor BlueFlex de 150cc que equipa os modelos produz até 12,2 cv, quando alimentado com gasolina, e 12,4 cv com etanol, na mesma faixa de giro máxima: 7.500 rpm. O torque máximo é de 1,3 kgf.m com gasolina e 1,3 kgf.m com etanol, disponível a 5.500 giros.

Na versão ED, o conta-giros agora é sensoriado, que dispensa o uso de cabo. Um sensor instalado no motor, por intermédio da ECU, calcula a rotação do motor para gerar a informação. O painel é 100% digital iluminado por luz de LED branca. O disco de freio dianteiro é de 245mm, a alça de apoio ao garupa é maior com 180 graus e comandos mais completos no punho (lampejador de farol). Os grafismos são exclusivos da versão assim como a cor Vermelho Pepper com novo gráfico UBS no para-lama dianteiro, além de continuar oferecendo as cores Preto Eclipse e Sports White. As duas versões tem garantia de 3 anos.

-Informações e imagens: divulgação-

2 comentários em “Yamaha Factor 150 ED 2018

  1. A YAMAHA generaliza os motociclistas para baixo, iguala todos a péssimos condutores que não sabem usar o freio adequadamente e isso não é bom pois a grande maioria dos motociclistas sabem usar os freios e há situações em que se deve usar apenas o freio trazeiro. Esse sistema deve ter um dispositivo de fácil uso para desliga-lo no caso de se querer usar os freios independentemente.

  2. Este sistema é muito estranho. Tenta corrigir uma deficiência de quem não sabe pilotar.
    Mas sabemos que os esforços nos freios dianteiro e traseiro variam dependendo do tipo e estado do piso. Por exemplo, se o sistema estiver configurado para dividir sempre os esforços com 70% no freio dianteiro e 30% no traseiro, quando está chovendo esta proporção se torna perigosa, pois pode-se “perder” a frente da moto. Neste caso a proporção ideal poderia ser 50% – 50%.
    O mesmo acontece em uma descida acentuada, onde se deve descer praticamente usando apenas o freio traseiro.
    Tem como desligar este sistema, caso necessário?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *