BMW planeja nova “bagger”

A BMW da Alemanha se prepara para entrar no mercado norte-americano de modelos “bagger” com uma versão da K 1600. A montadora alemã vai concorrer com os modelos CTX 1300 e Gold Wing F6B que fazem sucesso entre os motociclistas dos EUA.

A BMW também detecta uma tendência entre os consumidores europeus para o estilo. Mas é nos EUA que atualmente existe um culto ao modelo com uma indústria especializada que gravita em torno dessas motos. A nova versão deve ser apresentada em outubro, no Salão de Colônia (Intermot), na Alemanha.

O website britânico MotorCycleNews publicou uma foto do que seria a “bagger” alemã em testes. A foto apenas sustenta especulações da imprensa especializada europeia sobre a produção da BMW mas não oferece nenhum detalhe expressivo já que estaria totalmente disfarçada.

A receita bagger é bastante simples: dar o máximo de simplicidade à carenagem e instalar bagageiros baixos. A ideia é manter o perfil o mais baixo o possível em sua linha de design.

Leia também:
+ Indian reinterpreta o Scout
+ Harley resgata a Road Glide
+ Indian relança a Roadmaster
+ Indian resgata duas cores
+ Boulevard M 1800R versão B.O.S.S chega em agosto
+ Victory Motorcycles apresenta o modelo Victory Magnum

A BMW K 1600 GLT Exclusive 2014, um dos modelos da linha K 1600 que servirá de base para a bagger, está disponível na rede de concessionárias BMW Motorrad do Brasil. Vendida exclusivamente na cor branca, a nova K 1600 GTL Exclusive tem preço público sugerido de R$ 124.500 e conta com pacote de opcionais. O propulsor é de seis cilindros em linha (1.649 cc), quatro tempos, com duplo comando de válvulas no cabeçote (DOHC), entrega 160hp de potência (a 7.750 RPM) e 17,5 kgf.m de torque (5.250 RPM).

Vídeo promocional da BMW K 1600 GTL Exclusive

Vídeo promocional da Honda CTX 1300

-Imagens e vídeos: divulgação-

Um comentário em “BMW planeja nova “bagger”

  1. Muito luxo e requinte, e ainda por cima a grife BMW. Esse modelo série K 1600 GLT (provavelmente gran turismo luxo) o que apelidaram de “bagger”, na verdade seria uma natural evolução das Indian(anos 40), Harleys (grandes estradeiras) e as primeiras Honda Gold Wings (já na década de 70). Eu acharia melhor que ao invés de classificarem como “bagger”, mantessem o que apelidaram há décadas atrás (principalmente nos anos 80 que haviam mais concorrentes, cito a Yamaha Venture Royale) de cruzadoras de continentes. Abraço aos leitores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *