BMW S1000 RR 2022

São Paulo (SP) – A BMW S1000 RR versão 2022 tem nova cor cinza além de melhorias no chassi e transmissão. No Brasil, por R$ 122.500. Antes disponível somente nos pacotes M e M Carbon, o M Chassi agora é item de série para todas as versões. Esse componente permite ajustes mais precisos na balança e amortecedor traseiro.

Outra novidade é a Corrente M Endurance. Com revestimento de carbono tipo diamante, esse componente reduz perdas por atrito e o desgaste. Além de ajudar na performance, a nova corrente contribui para a redução do valor de manutenção, já que tem maior durabilidade.

Equipada com motor é quatro cilindros com 207cv de potência a 13.500rpm e 113Nm de torque máximo a 11.000 giros, a S1000 RR tem transmissão de seis velocidade e entrega potência e torque de forma uniforme e linear, tornando a motocicleta fácil de controlar e ideal tanto para o uso diário quanto para o desempenho nas pistas.

Tem quatro modos de pilotagem configuráveis de acordo com o gosto do dono: Rain, Road, Dynamic e Race. Há também o Modo Pro, opção que oferece outras três configurações adicionais de pilotagem, para os usuários que almejam se aventurar com a superesportiva nas pistas.

Também integram o modelo o Launch Control (Controle de Largada) para arrancadas perfeitas, o Limitador de Pit-Lane – configurável para aderência ideal às velocidades no pit-lane – e o Shift Assistant Pro, para mudanças ultrarrápidas de marcha, sem a necessidade de acionamento da embreagem.

Leia também
+ Harley-Davidson: modelos e preços 2022
+ Abraciclo: projeção conservadora para produção de motos em 2022
+ Crise e a Pandemia não afetam marketshare do mercado de motocicletas brasileiro em 2021
+ Bimota KB4 no EICMA 2021
+ Teste scooter Dafra Cruisym 150
+ Teste Royal Enfied Meteor 350

Com o lema ‘Nose down, tail up’ (“Nariz para baixo e traseira para cima”, em tradução livre), além de proporções refinadas, a RR ostenta como destaques visuais as luzes de LED presentes nos faróis com linhas mais dinâmicas e agressivas, na lanterna traseira. Já as luzes de mudança de direção (pisca) e de freio estão integradas em uma única unidade de LED.

-Informações e imagens: divulgação-

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *