Elétrica Voltz abre loja em SP

São Paulo (SP) – A Voltz Motors, autotech brasileira de motos elétricas abre, no dia 23 deste mês, sua loja-conceito em São Paulo. Atualmente, a startup tem uma loja-conceito no Recife (PE) e oito showrooms em cidades do Nordeste. Na inauguração da nova loja, localizada na avenida Nove de Julho (3.952), a empresa também inicia a pré-venda de seu modelo naked street EVS que promete, será a “primeira moto inteligente” fabricada no Brasil. Preço e configurações serão apresentados na live de lançamento da loja e do produto no endereço (bit.ly/VoltzYoutube), às 20h.

A Voltz tem o primeiro scooter elétrica produzido no Brasil, o EV1 (R$ 9,4 mil). Desde novembro do ano passado, quando iniciou as vendas do modelo, segundo a empresa, mais de 1,3 mil foram vendidos. O EV1 possui bateria portátil que pode ser completamente abastecida em qualquer tomada em até uma hora de carga. Carregada, pode rodar até 60 quilômetros e com velocidade máxima de 60 km/h.

Os showrooms da Voltz são montados em contêineres, com possibilidade de test ride dos modelos. A compra deve ser finalizada exclusivamente pela internet, no e-commerce da empresa que fica responsável pelo envio e entrega da encomenda na casa do cliente, em qualquer lugar do país.

Leia também:
+ Produção da indústria brasileira de motocicletas em agosto 2020
+ BMW tem 9 patentes para elétricas
+ KTM abre venda direta de acessórios originais da linha Off Road SX e EXC
+ Abraciclo apresenta números do setor dos últimos anos
+ BMW traz para o Brasil a S 1000 RR com pacote M
+ Triumph resgata nome Trident para novo conceito
+ Conheça tecnologias Kawasaki para suspensão, ABS e curvas
+ Honda CBR 600RR reaparece na Europa

Recentemente a empresa recebeu autorização para levar a produção de suas motos elétricas para o Polo Industrial de Manaus (PIM). A operação deverá começar a partir de 2021. A empresa, que possui uma unidade fabril em Cabo de Santo Agostinho (PE), resolveu alterar sua produção para o polo de Duas Rodas com o objetivo de aproveitar os incentivos fiscais da Zona Franca. A capacidade anual de produção da empresa será de até 8 mil veículos e, em três anos, a meta é chegar a 22 mil unidades por ano.

-Informações e imagens: divulgação-

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *