Eric Granado

São Paulo (SP) – Eric Granado chegou em décimo lugar na disputa da MotoE, em Misano, na Itália. Ele largou em último depois de ter a volta de classificação que lhe garantia a pole position cancelada por ultrapassar os limites da pista para além da zebra. O piloto brasileiro agora soma 34 pontos no sexto lugar da classificação contra 57 do líder, o suíço Dominique Aegerter, da equipe Intact. O vencedor da etapa do final de semana foi o italiano Matteo Ferrari, da equipe Gresini, que agora está em segundo lugar na tabela, com 45 pontos.

“Infelizmente é muito difícil fazer uma corrida de recuperação em apenas sete voltas, que é a duração das corridas da Moto-E, em função da durabilidade das baterias das motos elétricas. Tentei passar o máximo de pilotos possível. Encontrei no caminho um grupo que estava em um ritmo mais lento que o meu e perdi muito tempo com eles”, comentou o jovem brasileiro de 24 anos. “Hoje o importante era marcar pontos e terminar o mais na frente possível. Claro que estou chateado, não é o que eu esperava. Ontem, com o tempo que virei, era para ter largado da pole position, mas nem tudo sai sempre como a gente espera”, observou Granado.

Leia também:
+ Produção da indústria brasileira de motocicletas em agosto 2020
+ BMW tem 9 patentes para elétricas
+ KTM abre venda direta de acessórios originais da linha Off Road SX e EXC
+ Abraciclo apresenta números do setor dos últimos anos
+ BMW traz para o Brasil a S 1000 RR com pacote M
+ Triumph resgata nome Trident para novo conceito
+ Conheça tecnologias Kawasaki para suspensão, ABS e curvas
+ Honda CBR 600RR reaparece na Europa

O piloto brasileiro agora tem como missão recuperar a pontuação nas duas rodadas duplas que encerram o campeonato. A primeira delas está agendada para o próximo final de semana, também na pista de Misano. “Estamos confiantes por que fomos fortes durante todo o final de semana e inclusive cravamos um tempo que nos daria a pole position aqui em Misano”, resume Eric. “A equipe tem feito um ótimo trabalho e vamos continuar focados no nosso objetivo. Brigar pelo título será consequência do nosso esforço. E todos no time estão unidos e trabalhando muito. É um time que merece terminar bem esta temporada”, finaliza Granado.

Resultado da terceira etapa

1º – Matteo Ferrari (ITA/Gresini) – 7 voltas em 12min14s331
2º – Xavier Simeon (BEL/LCR) – a 0s213
3º – Dominique Aegerter (SUI/Intact) – a 0s372
4º – Jordi Torres (ESP/Pons) – a 0s474
5º – Mattia Casadei (ITA/SIC58) – a 0s606
6º – Mike di Meglio (FRA/Marc VDS) – a 0s780
7º – Alessandro Zaccone (ITA/Gresini) – a 4s393
8º – Alex de Angelis (SMN/Pramac) – a 4s476
9º – Tommaso Marcon (ITA/Tech3) – a 4s915
10º – Eric Granado (BRA/Avintia) – a 5s056
11º – Niccolò Canepa (ITA/LCR) – a 5s439
12º – Lukas Tulocic (ALE/Tech3) – a 5s705
13º – Alejandro Medina (ESP/Aspar) – a 8s448
14º – Xavi Cardelus (AND/Avintia) – a 8s582
15ª – María Herrera (ESP/Aspar) – 8s813
16º – Jakub Kornfeil (TCH/WithU) – a 11s795
17º – Niki Tuuli (FIN/Ajo) – a 12s892
18º – Josh Hook (AUS/Pramac) – a 36s401

-Informações e imagens: dvulgação-

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *