Hypersport

São Paulo (SP) – As norte-americanas Damon Motorcycles e Blackberry anunciaram a produção do modelo elétrico esportivo Hypersport, nas versões Premier e HS. As motos contam com CoPilot, sistema que monitora o que acontece ao redor do veículo e emite alertas para o piloto que ajudam a evitar acidentes. Contam ainda com sistema Shift que, por meio de um botão, regula automaticamente a posição de pilotagem com ajustes na altura da bolha, assento, manoplas e pedaleiras para as tendências touring, city ou esporte.

As primeiras 25 unidades da Hypersport na versão Premier contam com freios Brembo, suspensões Öhlins e balança monobraço de fibra de carbono. Custa US$ 39.995. Uma outra versão, sem aqueles freios, suspensões e balança, a Hypersport HS, terá também CoPilot e Shift de série com preço a partir de US$ 24.995.

Leia também:
+ Produção de motos em 2020 tem alta de 19,5% em janeiro
+ Calendário de eventos para motociclistas para junho de 2020
+ Panigale V4 Superleggera 2020. No Brasil, por R$ 700 mil
+ BMW F 750 GS, F 850 GS e F 850 GS Adventure para 2020
+ Teste Yamaha MT-07 2020 ABS
+ Honda abre pré-venda dos modelos CB 650R e CBR 650R 2020
+ Produção de motocicletas tem alta de 6,8% em 2019 ante 2018
+ Honda abre pré-venda da linha CB 500 2020

A potência máxima do modelo é de 202,7 cv com torque de 20,9 kgf.m. Dd acordo com a montadora, a moto acelera de 0 a 100 km/h por hora em menos de três segundos e alcança velocidade máxima superior a 320 km/h. Na autonomia, para percursos rodoviários, a fabricante informa o modelo pode rodar mais de 320 quilômetros com uma carga. Na cidade, a autonomia chega a 480 quilômetros.

-Informações e imagens: divulgação-

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *