KTM e BMW desistem do EICMA 2020

São Paulo (SP) – A austríaca KTM e a alemã BMW desistiram de participar da edição 2020 do Salão de Milão (EICMA), na Itália, marcado para novembro. Os comunicados das duas montadoras solicitam o cancelamento do evento e não apenas o adiamento. A BMW também já avisou que também não vai participar do Salão de Colônia (Intermot), ainda confirmado para outubro desse ano.

Hubert Trunkepolz, responsável das vendas da KTM AG e membro da administração da empresa, disse que a decisão de não participar do salão italiano segue a defesa da saúde dos seus trabalhadores e do público diante da pandemia Covid-19. “As exposições são momentos históricos importantes para o negócio de toda a indústria do motociclismo, mas dada a situação, a saúde pública e o bem estar do nosso staff são prioridades mais elevadas nos próximos meses. Nós decidimos seguir este caminho depois de pensar muito e, como empresa, a KTM AG gostaria e está interessada que os promotores dos salões, particularmente a EICMA, simplesmente considerassem em passar as datas para 2021, onde esperamos que a situação acalme e regresse a normalidade”, disse.

Leia também:
+ Mercado brasileiro de motos na quarentena
+ MXF 250ts 2020 chega por R$ 26.490
+ Salão Moto Brasil 2020 mantém concurso de customização
+ BMW lança garantia de três anos de fábrica
+ Honda lança edição especial da NXR 160 Bros 2020
+ BMW registra modelo custom no Brasil
+ Calendário MotoMovimento para Setembro de 2020
+ Damon Motorcycles e Blackberry lançam modelo elétrico esportivo Hypersport

A KTM, que também controla as marcas Husqvarna e GasGas, não informa se não vai participar do Intermot, evento acontece em outubro, antes do Salão de Milão. As marcas devem continuar a realizar lançamentos somente por meio digital. As organizações dos salões italiano e alemão ainda não se pronunciaram a respeito das desistências.

-Informações e imagens: divulgação-

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *