Lander 250 e Fazer 150 2016 renovadas

A Yamaha renovou os modelos Lander 250 e Fazer 150 para as versões 2016. As motos chegam nas concessionárias da marca no Brasil a partir da segunda quinzena de julho. Por R$14.150 + Frete, a principal novidade da Lander é o sistema de abastecimento BlueFlex, com uso de gasolina, álcool ou a mistura em qualquer proporção dos dois combustíveis. Já a Fazer recebeu uma posição de pilotagem levemente mais esportiva agora por de R$8.960 + Frete.

A Lander também recebeu piscas com lentes em cristal e novo grafismo em novas cores branca e cinza. As opções azul e laranja continuam disponíveis. O motor monocilíndrico de 249,45 cc tem comando simples no cabeçote (SOHC) e de arrefecimento misto gera até 20,7 cv alimentado com gasolina e 20,9 cv com etanol, ambos atingidos a 8.000 rpm. O torque máximo, por sua vez, é de 2,10 kgf.m com etanol e 2,09 kgf.m com gasolina, disponíveis a 6.500 giros.

O painel, totalmente digital, tem velocímetro e hodômetro com funções total e duas parciais (TRIP-1 e TRIP-2) e “Fuel Trip” (de reserva de combustível), relógio e tacômetro além das luzes de indicadores (piscas, Blueflex, farol alto, neutro e alerta de motor).

Fazer 150

O modelo da categoria street da marca também tem tecnologia BlueFlex e novas cores vermelho magenta e azul, que ampliam opções já oferecidas branca e preta com cinza fosco. O painel ganhou relógio, função fuel trip, lampejador de farol alto e indicador ECO, que acende quando o motor trabalha na faixa de rotação de maior eficiência, indicando uma pilotagem mais econômica.

O motor é o mesmo, monocilíndrico de 149,3 cc com comando único no cabeçote (SOHC) e de arrefecimento a ar que gera até 12,2 cv, alimentado com gasolina e 12,3 cv com etanol, ambos atingidos a 7.500 rpm. O torque máximo é de 1,285 kgf.m com gasolina e 1,295 kgf.m com etanol, disponível em a 5.500 giros.

-Imagens: divulgação-

Um comentário em “Lander 250 e Fazer 150 2016 renovadas

  1. Srs. leitores divulgo com maior satisfação que entre 22/dez/2014 e 11/01/2015, rodei 9532km sem problema algum com minha lander-2009. A moto mostrou o qto é valente e resistente. Fez em média 24km/l andando sempre no mínimo a 100km/h; sendo que peso 110kg e levei entre bagagem e peças sobressalentes 45kg. Roteiro: São Paulo, Uruguaiana (RS), Santa Fé – Mendonça (ARG), (Los Caracoles) Santiago, La Serena, (Mão do Deserto) Antofagasta, Calama, San Pedro do Atacama(Chile). Volta: pelo Paso de Jama e Chaco Argentino (San Salvador de Jujui, Corrientes, Ituzaingó); São Borja, São Paulo (BRASIL). E olha que tenho: 49 anos andando de moto 60 anos de idade. PARABÉNS Yamaha… Mudar o quê em quem é otima…a sim: somente o amortecedor traseiro! Obrigado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *