MotoE 2020

São Paulo (SP) – O piloto brasileiro Eric Granado terminou em sétimo lugar no Copa do Mundo de MotoE 2020 encerrado ontem com rodada dupla Le Mans, na França. O espanhol Jordi Torres é o campeão da temporada 2020, seguido de Matteo Ferrari. Em terceiro ficou Dominique Aegerter, seguido de Mike di Meglio e Mattia Casadei no quinto lugar da competição.

Granado começou a temporada com vitória na primeira etapa, em Jerez de La Frontera (Espanha), e depois foi o mais veloz em diversas ocasiões. Mas incidentes e situações fora do seu controle durante as corridas tiraram do piloto da equipe Avintia Esponsorama a chance de brigar pelo título de 2020. Na sétima etapa, disputada neste domingo (11/10), viu a participação de Eric no Mundial ser encerrada prematuramente por fatores fora de seu controle. Largando da sexta posição, Granado brigava pelo quinto posto quando, já na Curva 2, um adversário o obrigou a desviar para evitar uma batida. Eric se viu encurralado por outro piloto que estava muito mais lento e, apesar de frear forte, não teve como evitar o toque que tirou ambos da pista.

“Foi uma situação de corrida, ninguém teve culpa, mas foi uma pena por que nossa meta era brigar por mais um pódio. Estou feliz por que ninguém se machucou, isso é o mais importante”, explica Granado. “Mas não seria fácil chegar nesse pódio. Já na largada vi que minha moto continuava com o mesmo problema eletrônico da corrida de ontem, com o motor rendendo bem menos na reta. Por isso minha largada não foi mais forte, o que poderia ter mudado toda essa situação. Mas tudo bem, faz parte, a equipe fez um bom trabalho até aqui e isso não tira o mérito do que foi conquistado até essa prova”, conclui.

+ Honda Biz 125 2021 com nova opção de cor marrom
+ BMW define preços da 1250 RT para o mercado brasileiro
+ Ducati retorna ao mercado Rio de Janeiro com nova concessionária integrada com a Audi
+ Kawasaki convoca recall para chicote elétrico da Ninja ZX-6R 636
+ Harley-Davidson lança o Rider Wanted 2021
+ Honda abre pré-venda da linha CRF 2021 no Brasil

Granado agora tem pela frente as etapas finais da Superbike Brasil, principal categoria da motovelocidade nacional, na qual é o atual líder da pontuação e tenta o tetracampeonato. “O importante é que fizemos o que foi possível neste Mundial. Minha sensação é de dever cumprido, colocamos o que tínhamos de melhor na pista e as pessoas do Mundial e da motovelocidade de uma forma geral estão reconhecendo, o que me deixa feliz”, pondera o jovem brasileiro. “Agora meu foco tem que se voltar para os próximos desafios. Sempre que estiver na pista, farei o meu melhor”, diz.

Classificação final:

1. Jordi Torres – 114 pontos
2. Matteo Ferrari – 97
3. Dominique Aegerter – 97
4. Mike di Meglio – 75
5. Mattia Casadei – 74
6. Niki Tuuli – 53
7. Eric Granado – 53

-Informações e imagens: divulgação-

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *