Motovelocidade – MotoE

Sachsenring (Alemanha) – O piloto brasileiro Eric Granado, da Avintia Esponsorama, chegou em oitavo lugar na primeira prova da categoria de motocicletas elétricas (MotoE) do Campeonato Mundial de Motovelocidade MotoGP, disputada no circuito Alemão de Sachsering. Granado alinhou na primeira fila do grid, em terceiro na classificação geral. Porém, um toque em outro piloto logo no inicio da disputa o colocou para o final do grid. O acidente entortou o manete de freio da Energica Ego Corse. De décimo sétimo colocado, o brasileiro ganhou posições até a quinta volta, quando a corrida foi interrompida, por bandeira vermelha depois de um acidente.

Leia também:
+ Ducati confirma lançamento do modelo Panigale V4 S no segundo semestre
+ Crivilin vence quinta etapa do Brasileiro de Enduro FIM
+ MV Agusta Dragster RC Shining Gold. Edição limitada a uma unidade
+ BMW R 1250 GS chega em setembro
+ Teste. Royal Enfield Classic 500
+ Parceria KTM/Bajaj Auto para modelos urbanos elétricos
+ Yamaha lança scooter elétrico EC-05 para o mercado tailandês
+ MXF Motors lança consórcio nacional
+ Kawasaki inicia vendas da Versys 1000 modelo 2020 a partir de 15 de julho
+ Royal Enfield abre nova loja em Curitiba
+ Yamaha Fazer 250 ABS versão 2020 tem nova cor vermelha

“Infelizmente tive um contato com outro piloto na primeira curva, o que me fez perder muitas posições. No momento do toque a manete de freio desceu muito e eu não conseguia frear, tive que levantar o freio e perdi muito tempo com isso. Tentei me recuperar o mais rápido possivel, pois a moto estava muito boa e eu estava muito a vontade com o equipamento e estava rápido e muito confiante para hoje. Após o acontecido eu fui passando os pilotos o mais rápido que eu pude e consegui me recuperar até a oitava colocação, em cinco voltas, até a bandeira vermelha. Estou chateado com o resultado, pois eu sabia que poderíamos ser competitivos e ter o resultado muito melhor que esse por conta dos bons resultados de todo final de semana”, disse Granado.

“Tínhamos condições de brigar pelo pódio e até uma vitória, mas assim são as corridas, dessa vez aconteceu comigo, e vou trabalhar bastante para que na próxima eu seja ainda melhor e consiga reverter a situação e ter u grande resultado na etapa da Áustria”, completou o piloto brasileiro. Ele embarca para o Brasil para compromissos e prepara-se fisicamente para a próxima etapa, que será dia 11 de agosto, na Áustria.

Classificação

1. Niki Tuuli – (Ajo MotoE) – 7:27.862
2. Bradley Smith – (One Energy Racing) – +0.442
3. Mike Di Meglio – (EG 0,0 Marc VDS) – +0.567
4. Héctor Garzó – (Tech 3 E-Racing) – +0.991
5. Matteo Ferrari – (TRENTINO Gresini MotoE) – +2.095
6. Alex De Angelis – (OCTO Pramac MotoE) – +4.048
7. Xavier Simeon – (Avintia Esponsorama Racing) – +4.304
8. Eric Granado – (Avintia Esponsorama Racing) – +8.118
9. Sete Gibernau – (Join Contract Pons 40) – +9.254
10. Nico Terol – (Openbank Ángel Nieto Team) – +9.414

-Informações e imagens: divulgação-

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *