O motociclista Sir Tom Moore

São Paulo (SP) – Celebrizado pelas caminhadas no quintal de casa que arrecadaram 33 milhões de libras para o sistema de saúde pública britânico NHS, Sir Tom Moore era motociclista. Nascido em 1920, em Keighley, West Yorkshire, a paixão pelas motos de Tom recebeu grande influência de seu tio Billy, que fazia parte dos pioneiros em esportes radicais pilotando motocicletas na Inglaterra.

“Minha primeira motocicleta foi uma Royal Enfield 200, de 1921, que encontrei em um celeiro em Riddlesden e comprei por meia coroa. Os pneus estavam furados, estava coberta de poeira e não funcionava”, disse o Capitão em entrevista à emissora britânica ITV News, em 2020, logo depois que ficou famoso mundialmente com a atitude pela arrecadação de dinheiro para o sistema de saúde público inglês.

A segunda moto foi uma BAC 600 comprada por seu pai quando ele entrou para a faculdade técnica de Bradford. Quando eclodiu a guerra em 1939, foi enviado para o regimento duque de Wellington, já aos 20 anos. Na Índia, participou da campanha birmanesa, mas destacou-se como mensageiro motociclista e chegou a aplicar treinamentos para outros pilotos de despacho de mensagens.

Moore tinha interesse em motocicletas, particularmente aquelas projetadas, construídas e vendidas por Alfred Angas Scott. A Scott Motorcycles estava no auge de seu poder e influência durante as décadas de 1920 e 30. Uma motocicleta da marca que Moore pilotou em corridas na década de 1950 foi descoberta em um museu junto com fotos dele com a moto e troféus. O Esquilo Voador Scott está em exibição no Museu Industrial Bradford, em West Yorkshire, perto de onde ele cresceu.

Leia também
+ Produção de motos cai 13,2% em 2020, diz Abraciclo
+ Como em 2019, BMW não participará do Salão Duas Rodas 2021
+ Harley-Davidson linha 2021 com Street Bob e Fat Boy 114
+ Promoção Harley-Davidson 2021
+ Royal Enfield: vendas em alta e novas concessionárias em 2021

Moore morreu aos cem anos por complicações da Covid-19, no último dia 02. Em abril do ano passado, arrecadou mais de 33 milhões de libras para ajudar o sistema público de saúde do Reino Unido, National Health Service, no combate ao novo coronavírus.

Para atrair doações, caminhou cem voltas em seu quintal com um andador. A meta inicial era arrecadar mil libras, mas a campanha na internet e teve a adesão de mais de 1 milhão de pessoas. Condecorado como Cavaleiro pela rainha Elizabeth pelo feito, o veterano de guerra recebeu o título de Sir Tom Moore.

-Informações e imagens: divulgação/ITV News-

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *