Polaris Cup 2014

Depois de passar por Indaiatuba (SP), Inhumas (GO), Maceió (AL), Brotas (SP), Inhaúma (MG), a cidade de Itupeva (SP), a 70 km da capital paulista, recebeu a última etapa da temporada da Polaris Cup 2014, o maior campeonato privado da categoria UTV no Brasil. A 6º etapa do primeiro campeonato exclusivo para clientes da marca reuniu 28 participantes.

A sexta fase da Polaris Cup também contou com a presença de pilotos do Rally dos Sertões: Helena Deyama, que competiu na categoria RZR S 800, e Zé Hélio, que conquistou a primeira colocação na Super Production. Gustavo “Tatá” Xavier liderou a modalidade RZR 900 e Rodrigo Cordaro a RZR S 800. Na classe feminina, Cláudia Grandi foi campeã.

“Desde a primeira edição da Polaris Cup obtivemos muito sucesso, além de promover mais aproximação com nossos clientes. A prova não é vista apenas como competição, mas se transformou em uma reunião de amigos devido ao clima familiar, com as crianças brincando, marido e esposa competindo e se confraternizando. Além disso, é uma forma de atrair muitos entusiastas do fora de estrada, inclusive os principiantes. Fizemos história no mundo off-road”, afirma Rodrigo Lourenço, diretor geral da marca na América do Sul.

Classificação Geral

O campeão da categoria RZR Super Production foi Henrique Gutierrez, com 159 pontos, seguido por Paulo Rugna, com 129, e Maurício Rocha, com 95 pontos.

Na modalidade RZR 900, o vencedor foi Gustavo “Tatá” Xavier, com 214 pontos. Marcelo Carqueijo ficou em segundo, com 162 pontos, e Gustavo Lapertosa em terceiro, com 97.

Já nos RZR S 800, o título ficou com Rodrigo Cordaro, que acumulou 207 pontos, seguido de Rodrigo Faiad, com 151, e André Correa, com 127.

Na categoria feminina, criada na última etapa da temporada 2013, a campeã da temporada foi Cintia Faiad com 73 pontos, seguida de Roberlena Moraes, com 70 e Claudia Grandi, 35.

Super Prime

No dia seguinte à 6ª etapa foi realizado o Super Prime, uma disputa de velocidade e tomada de tempo em circuito fechado, na qual participaram os melhores classificados na temporada 2014 da Polaris Cup em cada categoria.

Os pilotos largavam de dois em dois e quem terminava a volta em menos tempo passava para a próxima etapa. Em uma parte do percurso, de três quilômetros, os competidores se cruzavam, formando um X, e no final chegavam juntos, lado a lado. Na final, foram duas largadas, para evitar quaisquer desvantagens nos dois trajetos.

Na modalidade RZR S 800, o campeão foi Guto Herwig, seguido por Helena Deyama. Na RZR 900, o vencedor foi Gustavo “Tatá” Xavier e o segundo melhor tempo foi de Moisés Nivoloni.

Já na Super Production, o título ficou com Paulo Rugna e Daniel Costa terminou em 2º. Entre as mulheres, a campeã foi Roberlena Moraes, seguida de Claudia Grandi.

Balanço

Com uma média de 30 participantes por prova, a Polaris Cup se tornou mais do que uma competição da marca e levantou poeira em mais de 20 quilômetros de pistas técnicas de alta velocidade em todo tipo de terreno, por todo o Brasil.

-Informações e imagens: divulgação/Vinícius Ferraz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *