Segunda etapa do Arena Cross

O português Paulo Alberto venceu a segunda etapa do Arena Cross, realizada no último fina de semana (23 e 24/05), em Jundiaí (SP). Alberto foi campeão invicto por dois anos consecutivos na MX2 (motos de 250cc) e migrou neste ano para Pró (motos de 450cc). O piloto da Equipe Honda Mobil conquistou as duas corridas da categoria principal da disputa. Apesar de não ter feito boas largadas, ele conseguiu se recuperar e vencer os embates contra Jean Ramos.

Após duas etapas, o português comanda a classificação geral da Pró com 81 pontos, 14 mais que Jean, o segundo colocado. O piloto Honda Adam Chatfield, da Ipiranga IMS Levorin, terminou a prova no interior paulista em terceiro e também está na briga pelo título.

Wellington Garcia, da Equipe Honda Mobil, manteve a regularidade no Arena Cross ao alcançar o quinto lugar no somatório das baterias. O goiano ocupa a quinta colocação no campeonato.

Já na MX2, Hector Assunção e Gustavo Pessoa tiveram desempenhos semelhantes, porém com finais distintos. Após largarem no pelotão intermediário, a dupla da Honda Mobil demorou para fazer as ultrapassagens. Eles conseguiram dar o bote na 11ª volta, com Hector em terceiro, e Gustavo, em quarto.

Após imprimir forte ritmo, Hector Assunção conseguiu chegar ao segundo lugar e garantir o pódio. “Foi um bom resultado, para dar confiança. Não fiz uma má largada, mas perdi tempo nas primeiras voltas tentando fazer as ultrapassagens. Na parte final consegui aumentar o ritmo e estava muito bem. Se tivesse mais uma, duas voltas, conseguiria brigar pela vitória”, afirma Hector. João Pedro Ribeiro foi o vitorioso da noite.

Já Gustavo, que mantinha o quarto lugar, foi atrapalhado por um retardatário. E pior, ele caiu e assim perdeu posições. No prejuízo, terminou a corrida na oitava posição. “Apesar do resultado, fiz uma boa corrida. Estava em um ritmo muito legal, mas um retardatário bateu em mim e caí. Tinha condições de melhorar o meu desempenho, mas essa queda comprometeu o restante da prova”, conta Gustavo, que foi desclassificado posteriormente pela organização por ter andado na contramão ao retornar para a pista.

Júnior

Na categoria Júnior, destaque para ótima atuação do piloto Honda Leonardo Cassarotti. O paranaense de apenas 13 anos, da Dunas Team, fez uma brilhante corrida. Andou praticamente toda a prova na frente, segurou a pressão de Renato Paz, que chegou a encostar sua moto nele tentando a ultrapassagem, e ganhou. “Não esperava esta vitória, mas quando vi que poderia ganhar, tentei me manter calmo e não errar”, conta o vencedor. Após o primeiro lugar, o paranaense chegou à liderança da categoria, com 37 pontos.

Kawasaki

Dudu Lima, piloto do marca, manteve a liderança da categoria MX2 após prova de recuperação na categoria. O piloto EMG Kawasaki Rinaldi cruzou a linha em 4º lugar, chegando aos 33 pontos e dividindo a liderança do campeonato com outro competidor.

Marcello “Ratinho”, companheiro de equipe e irmão mais velho de Dudu, finalizou a rodada na 7ª posição da MX Pró e é o 8º colocado no campeonato e o terceiro melhor brasileiro. A classe contou com duas baterias finais.

MX2

Com o resultado do final de semana, Dudu Lima manteve a liderança do campeonato na categoria MX2. O atleta de Monte Mor (SP) chegou a largar na frente, mas perdeu posições ainda na primeira volta e teve que iniciar uma corrida de recuperação. Saindo da 8ª colocação Dudu imprimiu um ritmo forte no comando de sua Kawasaki KX 250F e conquistou ótimas ultrapassagens, volta a volta, para receber a bandeira quadriculada na 4ª posição, resultado suficiente para assegurá-lo na ponta da tabela.

“No Arena o preparo físico conta bastante por conta dos obstáculos e dificuldades do traçado da pista. Largar na frente é um diferencial, eu consegui pular na frente, mas acabei perdendo muitas posições no início e ficou difícil disputar a ponta. Procurei fazer uma prova rápida, mas sem comprometer o campeonato. Vamos para a próxima brigar pela vitória!”, revelou Dudu Lima.

MX Pró

Marcello “Ratinho” fez boas largadas na etapa paulista. Na primeira prova da MX Pró o piloto brigou pelas primeiras posições e acabou sofrendo uma queda nos cinco minutos finais da bateria, finalizando em 8º lugar. Já na segunda disputa ele travou bons duelos no Top 5 e encerrou a corrida em 6º lugar, garantindo a 7ª posição na somatória das provas.

“Certamente a queda prejudicou o desempenho, mas foi uma boa etapa, consegui me manter entre os cinco melhores durante a maior parte do tempo e acredito que podemos evoluir para buscar o pódio nas próximas”, declarou Marcello “Ratinho”.

KTM

Pela KTM Brasil, Enzo Lopes, saiu na frente na categoria MX2 com a KTM 250 SX-F e abriu uma boa vantagem. Mesmo tendo que recuperar-se de uma queda nas últimas voltas, o gaúcho garantiu a terceira colocação e conquistou o primeiro pódio da sua carreira na MX2 do Arena.

“O primeiro pódio no Arena Cross a gente nunca esquece. Fiz uma boa largada com direito a holeshot, liderei boa parte da prova e mesmo quando fui ultrapassado continuei tentando recuperar minha posição. Quando caí nas últimas voltas, voltei rapidamente para a corrida graças à partida elétrica da minha moto, que fez uma enorme diferença. Estou muito contente com esse resultado. Continuo motivado a alcançar resultados ainda melhores nas próximas etapas. Agradeço a todos que torceram por mim”, disse Lopes.

EUA

Na próxima quarta-feira (27) Enzo viaja aos Estados Unidos para disputar as seletivas finais para o Campeonato Loretta Lynn´s na pista de Freestone no Texas (30-31 de maio) e na pista de Red Bud em Michigan (6-7 de Junho). O piloto retorna para o Brasil a tempo para disputar a 2ª etapa do Campeonato Brasileiro em Paty do Alferes (RJ) em 14 de Junho, retornando às pistas do Arena Cross na cidade de Ilha Comprida (SP) em 20 de Junho.

Resultados gerais

1ª Bateria – PRÓ

1º Paulo Alberto #211
2º Jean Ramos #10
3º Adam Chatfield #407
4º Wellington Garcia #21
5º Carlos Campano #1

2ª Bateria – PRÓ

1º Paulo Alberto #211
2º Jean Ramos #10
3º Carlos Campano #1
4º Adam Chatfield #407
5º Wellington Garcia #21

Somatórios das baterias – PRÓ

1º Paulo Alberto #211 – 40 pontos
2º Jean Ramos #10 – 35 pontos
3º Adam Chatfield #407 – 28 pontos
4º Carlos Campano #1 – 26 pontos
5º Wellington Garcia #21 – 24 pontos

Bateria – MX2

1º João Pedro Ribeiro #282
2º Hector Assunção #30
3º Enzo Lopes #16
4º Eduardo Lima #2
5º Rodrigo Lama #932

Bateria – Júnior

1º Leonardo Cassarotti #25
2º Renato Paz #101
3º Thiago Brenner #24
4º Renan Goto #55
5º Bruno Schmitz #40

Classificação do campeonato após duas etapas – PRÓ

1º Paulo Alberto #211 – 81 pontos
2º Jean Ramos #10 – 67 pontos
3º Adam Chatfield #407 – 58 pontos
4º Carlos Campano #1 – 58 pontos
5º Wellington Garcia #21 – 54 pontos

Classificação do campeonato após duas etapas – MX2

1º João Pedro Ribeiro #282 – 33 pontos
2º Eduardo Lima #2 – 33 pontos
3º Enzo Lopes #16 – 25 pontos
4º Fábio dos Santos #987 – 22 pontos
5º Hector Assunção #30 – 20 pontos

Classificação do campeonato após duas etapas – Júnior

1º Leonardo Cassarotti #25 – 37 pontos
2º Renato Paz #101 – 37 pontos
3º Renan Goto #55 – 26 pontos
4º Thiago Brenner #24 – 25 pontos
5º Iuri Beltrão #111 – 23 pontos

O Arena Cross volta em junho, no dia 20, com a terceira etapa, em Ilha Comprida (SP).

-informações e imagens: divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *