Superbike BR

São Paulo (SP) – O piloto Maurício Paludete, o “Linguiça”, morreu após sofrer acidente no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, na 2ª etapa do SuperBike Brasil 2019. Ele aparentemente perdeu o controle da moto no final da reta dos boxes, já depois da bandeirada final da categoria Evolution, passou reto na primeira curva S do Senna e bateu violentamente na proteção de pneus.

Piloto da Misano Racing Team e apaixonado pela motovelocidade, Paludete largou na 10ª colocação e terminou a prova na segunda posição da categoria. A pista estava molhada devido à chuva no final de semana, em São Paulo. Com a violência do acidente, o capacete saiu da cabeça do piloto. Ele ainda chegou a ser levado para o Hospital Grajaú, na Zona Sul da capital paulista.

No ano passado, Rogério Munera também morreu após acidente no do S do Senna. Em 2017, Sérgio dos Santos faleceu no hospital após bater no muro de proteção de pneus da Curva do Sol.

Leia também:
+ Abraciclo vê mercado 2019 em alta, mas no mesmo patamar de 2004
+ Ducati abre pré-venda da Panigale V 4R por R$ 250 mil
+ BMW abre as vendas da F 850 GS Adventure
+ Teste: Harley-Davidson Street Glide Special 2019
+ Estudo mostra intensidade de furtos e roubos de moto em SP
+ Ducati Campo Grande. 10ª concessionária da marca no Brasil
+ Royal Enfield abre loja em Brasília
+ MXF Motors lança novo modelo de minimoto de 105 cilindradas para competições
+ Produção de motocicletas em tem alta de 21,1% em fevereiro de 2019
+ Michelin Anakee Adventure. Novo pneu Michelin 80% estrada e 20% off road

A organização do campeonato emitiu uma nota sobre o assunto. “O SuperBike Brasil comunica, com muito pesar, que o piloto Mauricio Paludete, numeral 80, veio a óbito após não resistir às complicações sofridas neste domingo (14), depois de uma queda, em Interlagos (SP), durante a 2ª etapa do SuperBike Brasil 2019.

O piloto, que competia na SuperBike Evolution, largou na 10ª posição e completou a prova na sexta colocação na geral. Logo após cruzar a bandeirada, ele caiu no S do Senna.

Mauricio Paludete foi prontamente atendido pela equipe médica e passou por todos os procedimentos de segurança do evento ainda em pista. O piloto foi removido e levado para o Hospital Grajaú, onde infelizmente veio a óbito.

O SuperBike Brasil envia sinceras condolências à família e lamenta profundamente a fatalidade. Desejamos força aos parentes e amigos neste momento de tristeza, que é compartilhado por toda comunidade do evento.”

-Informações e imagens: divulgação-

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *