Teste Harley-Davidson Iron 1200

São Paulo (SP) – A Sportster Harley-Davidson Iron 1200 é moto com espírito urbano que avança com facilidade nos corredores do trânsito como os da cidade de São Paulo. Esbelta, tem posição de pilotagem natural com pedaleiras centralizadas e pernas flexionadas em 90° que deixam o corpo ereto. Além disso, o modelo inspirado nas controversas Harley-Davidson-Motovi SS 125 dos anos 70, conta com o guidão alto (mini ape, ou mini seca-suvaco) que deixa os braços relaxados na condução.

O motor V2 de 1.202 cm3 gera torque de 9,4 mkgf a poucos 3.500 rpm empurra o corpo para trás nas arrancadas nos semáforos. Ajuda a se segurar na moto o encosto para lombar do banco monoposto Café Racer- o assento para garupa é opcional. Na proposta urbana, o motor Evolution 1200 – o mesmo da H-D Forty-Eigth-, a moto engasga em baixas velocidades o que obriga a manter sempre o giro alto e trocar constantemente as marchas. Esse movimento constante esquenta muito o motor e todo conjunto, em dias mais quentes, chega a incomodar.

Na estrada, a representante da linha Sportster criada em 1957 nos EUA, com entre‐eixos de 1.515 mm, tem bastante agilidade nas curvas, também na serra, com peso em ordem de marcha de 256 kg e capacidade máxima de carga de 198 kg. As suspensões, dianteira telescópica com curso de 92 mm sem regulagens e traseira, com amortecimento duplo de 82 mm curso com regulagens na pré‐carga ajustável, são eficientes para o uso nas rodovias mantendo o modelo firme nas retas e curvas. Na cidade, os buracos e remendos irregulares consomem rapidamente os cursos dos sistemas dianteiro e traseiro. Os freios, com ABS nas duas rodas, também são eficientes para a proposta.

Com tanque de combustível com capacidade para até 12,5 litros, precisa de atenção nos cálculos de consumo pois com registro médio alto entre 15 e 17 km/l na avaliação de MotoMovimento oferece somente uma luz amarela indicando que a moto entrou na reserva já que não tem marcador do nível de gasolina.

Leia também:
+ Kawasaki lança, no Japão, a Z H2, nova naked com Supercharger
+ Ducati apresenta a Streetfighter V4, na Itália
+ Linha 2020 Harley-Davidson com três novos modelos
+ KTM anuncia que vai participar do Salão Duas Rodas 2019
+ Mundial de motovelocidade MotoGP anuncia volta ao Brasil em 2022
+ Teste Kawasaki Z900 RS e o resgate do prazer de pilotar
+ Recall BMW para G 310R e G 310S
+ Yamaha MT-03 modelo 2020 apresentada na Europa
+ Recall Ninja 400
+ Honda CB 250F Twister 2020 somente com novas cores

O conjunto de instrumentos acompanha o conceito minimalista dos modelos Sportster do final dos anos 50. Tem velocímetro eletrônico com hodômetro instalado sobre o guidão, relógio, hodômetro parcial duplo, a luz indicadora de baixo nível de combustível, luz de baixa pressão do óleo, leitura do diagnóstico do motor e luzes indicadoras LED.

O estilo anos 70 é o ponto forte da Iron 1200. A profusão de preto fosco no motor, a pintura do tanque e a carenagem em torno do farol marcam presença no modelo que chama bastante atenção nas ruas e estradas. Nas opções da pintura as cores Vivid Black, Twisted Cherry e Billiard White, contrastando com a carenagem que tem aplicada a cor Vivid Black. Com partida sem chave e alarme integrado, no momento, o preço sugerido é de R$ R$ 47.400.

Informações técnicas

Motorização

Tipo: Evolution
Arrefecimento: refrigerado a ar
Válvulas: 2 válvulas/cilindro
Alimentação: injeção eletrônica multi‐ponto sequencial (ESPFI)
Cilindrada: 1202 cm3
Diâmetro x Curso do Pistão: 88,9 mm x 96,8 mm
Taxa de compressão: 10:1
Torque: 9,5 kgf.m/ 3.500 rpm
Escapamento: 2‐2, com acabamentos pretos e catalisadores nos silenciadores

Transmissão

Embreagem: multidisco banhada em óleo ‐ acionamento cabo
Câmbio: 5 marchas
Final: correia dentada, relação 2,26:1
Primária: corrente, relação 1,5:1
Relação de Transmissão ‐ 1ª 2,65:1
Relação de Transmissão ‐ 2ª 1,89:1
Relação de Transmissão ‐ 3ª 1,41:1
Relação de Transmissão ‐ 4ª 1,16:1
Relação de Transmissão ‐ 5ª 1,0:1

Chassi

Tipo: berço duplo, aço tubular
Balança: aço com rolamentos esféricos
Cáster: 31°
Trail: 115mm
Ângulo de Inclinação direita: 27°
Ângulo de Inclinação esquerda: 28°

Suspensão

Dianteira: telescópica (39 mm)
Curso: 92 mm
Regulagens: sem regulagem
Traseira: amortecimento duplo
Curso: 82 mm
Regulagens: pré‐carga ajustável

Freios

Dianteiro: disco de 300mm, pinça com 2 pistões, sistema ABS
Traseiro: disco de 260mm, pinça com 2 pistões, sistema ABS

Rodas e pneus

Modelo: liga‐leve pretas de 9 raios com detalhes usinados
Dianteiro: Michelin Scorcher “31” ‐ 100/90B19 57H
Traseiro: Michelin Scorcher “31” ‐ 150/80B16 77H

Medidas

Comprimento: 2.200 mm
Largura: 915 mm
Entre‐eixos: 1.515 mm
Altura do assento: 735 mm
Distância mínima do solo: 110mm
Capacidade de combustível: 12,5 litros
Peso (em ordem de marcha): 256 kg
Capacidade máxima de carga: 198 kg

-Informações e imagens: MotoMovimento-

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *