Teste Yamaha MT-07 2020 ABS

São Paulo (SP) – A Yamaha MT-07 2020 ABS é ágil, fácil de pilotar e com características esportivas no motor de 689cc, dois cilindros em linha, 8 válvulas, arrefecimento líquido e rende 74,8 cv de potência máxima a 9 mil giros. A moto é agressiva mas com entrega linear e total já nos 6.500 giros quando alcança o torque máximo de 6,9 Kgf.m.

Com peso total de 183 kg, é esperta na cidade, mas fica mais vulnerável às turbulências de grandes caminhões nas rodovias. Apesar disso, nas estradas, durante o teste de MotoMovimento, seguiu suave nos 120 km/h a 5 mil giros e firme aos 140 km/h a 6 mil giros na velocidade de cruzeiro.

Os bancos são largos, ergonômicos, com boa textura e estreitos na frente o que facilita o encaixe das pernas, e oferecem conforto para o piloto e também para o garupa. Entretanto, para o acompanhante, faltam alças destacadas já que no modelo o sistema de segurança e estabilidade ao acompanhante é formado por duas “cavidades” sob o assento.

Mesmo assim, é possível fazer percursos de 400 ou 500 km com paradas somente para abastecimento, sem maiores dores. Na estrada, com giro alto e constante, o consumo chega a 18 km/l, que aumenta para em torno de 22 km/l com acelerações mais suaves ou na cidade sem muitas paradas no trânsito. O tanque tem capacidade para até 14 litros de gasolina.

No trânsito urbano as suspensões oferecem conforto com dianteira rígida e traseira com ajustes de retorno em nove regulagens de compressão da mola, que permitem calibrar a melhor configuração para as diversas características de pilotagem. Assim, a agilidade é destaque nos corredores com mudanças rápidas de direção do modelo.

Leia também:
+ Honda abre pré-venda dos modelos CB 650R e CBR 650R 2020
+ Produção de motocicletas tem alta de 6,8% em 2019 ante 2018
+ Calendário de eventos para motociclistas para maio de 2020
+ Ducati lança garantia estendida
+ Honda abre pré-venda da linha CB 500 2020
+ Cruiser elétrica Hadin Panther. Nova estradeira norte-americana
+ Italiana Energica apresenta linha 2020 com mais potência e autonomia

Nos freios, dois discos flutuantes de 282mm e pinças de 4 pistões cada na dianteira e um disco de 245mm e pinça simples na traseira, equipados com ABS que impedem o travamento, são ajustados para a capacidade do modelo. Facilita, ainda, na pilotagem, a distância entre eixos de 1.400 mm e a altura do assento de 805 mm, que oferece também segurança para pilotos com estatura mais baixa. Contribui para o conforto o guidão plano e baixo que deixa os braços relaxados.

O painel grande digital tem leitura confortável com display de LCD iluminado por LED e conta com relógio, indicadores de marcha e combustível, hodômetro total e parcial, consumo médio e instantâneo, F-Trip (hodômetro parcial de reserva de combustível), temperatura do líquido de arrefecimento e temperatura do ar de admissão. Tem ainda a função “Eco” que indica a pilotagem mais econômica. No momento, custa a partir de R$ 36.368.

Ficha técnica

Motor
Tipo DOHC, 4 tempos, 8 válvulas, Refrigeração líquida
Quantidade de cilindros: 2
Cilindrada real: 689 CC
Diâmetro x curso: 80 X 68,6 mm
Taxa de compressão: 11,5 : 1
Potência máxima: 74,8 cv (9.000 rpm)
Torque máximo: 6,9 kgf.m / 6.500 rpm
Sistema de lubrificação: Cárter Úmido
Embreagem: Multi-disco – Úmida
Câmbio: 6 velocidades
Sistema de partida: Elétrica
Transmissão primária: Engrenagens
Transmissão secundária: Corrente
Combustível: Gasolina

Chassi
Tipo do chassi: Diamante
Suspensão dianteira / curso Garfo telescópico / 130mm (Roda)
Suspensão traseira / curso Balança traseira tipo Monocross com link / 130mm (Roda)
Freio dianteiro: Disco duplo hidráulico com sistema anti bloqueio (ABS) 282 mm
Freio traseiro: Disco hidráulico com sistema anti bloqueio (ABS) 245 mm

Dimensões
Comprimento x largura x altura: 2.085mm x 745mm x 1.090mm
Distância entre eixos: 1.400 mm
Altura do assento: 805 mm
Altura mínima do solo: 140 mm
Peso líquido: 183 kg
Capacidade do tanque de combustível: 14L (2,7L Reserva)

Cores
Ice Fluo (cinza fosco), Racing Blue (azul metálico), Matt Black (preto fosco)

-Informações e imagens: MotoMovimento-

4 comentários em “Teste Yamaha MT-07 2020 ABS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *