TMax 560

São Paulo (SP) – A Yamaha apresenta, no Salão de Milão (EICMA 2019), o modelo 2020 do maxiscooter nas versões TMax 560 e TMax Tech Max, agora mais esportivo. Nas novidades, novo motor bicilíndrico de 560 cc com pistões de alumínio forjado 70 mm maior no diâmetro em relação ao modelo anterior e bielas redesenhadas. Com isso, o scooter ganhou 3,5% de potência máxima (47 cv às 7.500 rpm) e o torque 6% maior de 55,7 Nm a 5.250 rpm, segundo a montadora japonesa. O Salão abre para o público entre 7 e10 deste mês.

Os novos modelos contam com Smart Key além de dois modos de condução: urbano e esportivo (D-Mode). O quadro da TMax 560 e TMax Tech Max é em alumínio fundido e conta com o motor como elemento principal da estrutura proporcionando mais rigidez.

Leia também:
+ Teste Harley-Davidson Iron 1200
+ Kawasaki lança, no Japão, a Z H2, nova naked com Supercharger
+ Ducati apresenta a Streetfighter V4, na Itália
+ Linha 2020 Harley-Davidson com três novos modelos
+ KTM anuncia que vai participar do Salão Duas Rodas 2019
+ Mundial de motovelocidade MotoGP anuncia volta ao Brasil em 2022
+ Teste Kawasaki Z900 RS e o resgate do prazer de pilotar

No painel de instrumentos TFT monocromático conta com velocímetro à esquerda e conta-giros à direita além de visor central que inclui quilometragens total e duas parciais, indicador do consumo de combustível atual e indicador de temperatura exterior além de luzes indicadoras do TCS (controle de tração) e do D-Mode.

Versão completa, a Tech vem, de fábrica, com para-brisa com ajuste elétrico de posição, controle de cruzeiro, assento e manoplas aquecidos ou suspensão traseira ajustável. Também tem conectividade por meio do aplicativo MyTMAX que pode controlar o posicionamento da scooter via GPS, configurar alertas para velocidade ou nível da bateria além do calendário de revisão.

-Informações e imagens: divulgação-

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *